A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Abril de 2019

15/12/2018 18:15

Pela redução de acidentes, Operação RodoVida é lançada em 9 cidades de MS

Como parte de uma ação do Governo Federal, a operação integra o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes no Trânsito – Pacto pela Vida, assinado pelo governo brasileiro em 2011

Danielle Valentim
Abertura na Capital, em frente ao Shopping Campo Grande. (Foto: PRF)Abertura na Capital, em frente ao Shopping Campo Grande. (Foto: PRF)

Além de Campo Grande, a Operação RodoVida foi lançada em outras oito cidades de Mato Grosso do Sul. As ações integram vários órgãos de fiscalização visando a redução da violência no trânsito. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) realizou ao longo dessa sexta-feira (14), a abertura da Operação Rodovida em todo o estado.

Como parte de uma ação do Governo Federal, a operação integra o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes no Trânsito – Pacto pela Vida, assinado pelo governo brasileiro em 2011. O projeto da Organização das Nações Unidas (ONU) tem como objetivo reduzir em 50% o número de mortos e feridos em decorrência de acidentes de trânsito segundo o previsto no programa da Década Mundial de Segurança Viária 2011-2020.

A Operação será dividida em dois períodos: o primeiro, compreende as férias escolares, Natal e Ano Novo seguindo de 14/12 a 31/01. Já o segundo, entre 22/02 a 10/03, abrangerá as festividades do carnaval. Esse longo período da Operação se dá pelo considerável aumento do fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias de todo o país.

O aumento da circulação de veículos aumenta consequentemente a quantidade de acidentes. E a proposta é, justamente, reduzir os acidentes e a gravidade deles. Em sua oitava edição, a Operação Rodovida vem promover uma integração entre as demais instituições públicas (federais, estaduais e municipais) voltadas para a temática trânsito e juntas desenvolverem atividades direcionadas a promover a redução da violência no trânsito urbano e rodoviário.

De acordo com dados do Sistema Único de SaúdeSUS, do Ministério da Saúde, em 2016, 37.345 pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito. Nesse mesmo ano, foram registrados 6.419 óbitos somente nas rodovias federais do país, segundo o Sistema de Informações Gerenciais (SIGER) da PRF. Para uma frota total de 96.790.495 veículos contabilizados no referido ano, segundo Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM), do Denatran.

Em Mato Grosso do Sul, a abertura da Operação Integrada Rodovida foi realizada em todas as nove delegacias da PRF do Estado.

Em Nova Alvorada do Sul/MS a abertura foi na Unidade Operacional da PRF, BR-267 km 240, e focou na fiscalização de alcoolemia e velocidade. Na cidade de Guia Lopes da Laguna/MS a abertura foi na BR-267 km 478.

Nova Alvorada do Sul. (Foto: PRF)Nova Alvorada do Sul. (Foto: PRF)
Guia Lopes da Laguna. (Foto: PRF)Guia Lopes da Laguna. (Foto: PRF)

O lançamento da Operação Rodovida em Coxim/MS foi na manhã desta sexta-feira, na BR- 163 km 728, acompanhada da Polícia Militar e da Concessionária da rodovia – CR MS Via.

Na cidade de Naviraí/MS a abertura aconteceu às 16h com um Comando de Alcoolemia no km 127 da BR-163, apoiada pela Polícia Militar e da Concessionária da rodovia – CR MS Via.

Coxim. (Foto: PRF)Coxim. (Foto: PRF)
Naviraí. (Foto: PRF)Naviraí. (Foto: PRF)

Em Três Lagoas/MS, a abertura foi na BR-262 km 4 na manhã desta sexta-feira e teve a presença de Instituições e Empresas parceiras. 

Em Campo Grande/MS, a abertura foi na noite desta sexta-feira na Avenida Afonso Pena, em frente a um shopping. A Operação foi realizada pela PRF, PRE, BPTRAN, Polícia Municipal, AGETRAN e DETRAN-MS e focou no combate à alcoolemia. Foram 218 veículos abordados, 47 autos de infração realizados, 28 documentos recolhidos, 05 veículos removidos, 9 autos de infração por embriaguez, 2 presos por – embriaguez ao volante.

Três Lagoas (Foto: PRF)Três Lagoas (Foto: PRF)
Campo Grande. (Foto: PRF)Campo Grande. (Foto: PRF)

A Operação Rodovida segue até o dia 10 de março e para a PRF as fiscalizações serão intensificadas nesse período, para reduzir a violência nas rodovias federais do Estado se concentrarão, principalmente, nos trechos mais críticos, onde é recorrente a ocorrência de acidentes, em especial, os de maior gravidade.

As atividades preventivas se darão pela ostensividade, a presença dos policiais, e também pelas fiscalizações específicas de pelo abuso da velocidade, ultrapassagens indevidas, o não uso dos dispositivos de segurança – cinto de segurança e cadeirinha, o não uso de capacete e uso de telefone celular enquanto dirige e, claro, embriaguez ao volante. A conscientização é o carro chefe da PRF, que em todas as suas ações insere as campanhas educativas, como o Cinema Rodoviário, atividade que faz condutor e passageiros refletirem sobre suas condutas no trânsito.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions