A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/04/2011 08:08

PM apreende 386 kg de maconha que abasteceriam bocas-de-fumo da Capital

Aline dos Santos e Aline Queiroz

A PM (Polícia Militar) apreendeu ontem 386 quilos de maconha que abasteceriam bocas-de-fumo em Campo Grande. Quatro pessoas foram presas. O flagrante foi na avenida Pedro Paulo Soares de Oliveira, Jardim Universitário.

Após denuncia anônima por meio do telefone 181, policiais do 10º Batalhão foram ao local por volta das 23h. Em frente à residência, um homem saiu correndo e gritando para alertar sobre a chegada da polícia.

Identificado como João Paulo Aguiar Neri, de 30 anos, o homem foi o primeiro a ser preso.

Dentro da casa, foram presos a proprietária Bruna Rabelo Vargas, de 21 anos, Willian Douglas Souza Cabral, de 23 anos, e Egliano dos Santos de Silva, de 39 anos.

No quarto, foram localizados 378 tabletes de maconha. De acordo com o delegado João Reis, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, a quantidade indica que a droga foi comprada em consórcio. O local servia como depósito.

Todos os presos têm profissão e a polícia ainda investiga se eles possuem antecedentes criminais. O grupo alegou ser usuário de maconha e afirmou não saber que a droga estava no local. Apesar de um deles ter sido preso ao lado de uma pilha de tabletes de entorpecentes.

Os presos se negaram a prestar depoimento, recorrendo ao direito de falar somente em juízo.



Todo santo dia vemos apreenssões de drogas e prisões de traficantes. Será que está política está surtindo o resultado que se espera? Não seria melhor pensar em uma abordagem mais moderna, onde o Estado se preocupe mais com a saúde e educação ao invés do aspecto criminal? Assim como ocorreu com a Lei Seca, nos EUA, a proibição de produção e consumo de um produto que possui um amplo mercado consumidor só fez aumentar o banditismo e a corrupção policial. Acho que chegou a hora da sociedade brasileira discutir a questão de modo inteligente e livre de preconceitos. www.cortinadefumaca.com
 
João Valente em 08/04/2011 10:44:40
Joao Paulo Aguiar Neri,esta em liberdae condicional,2 crimes ,Homicidio e violencia domestica.E ja esta vendendo drogas; vai voltar para onde nao deveria ter saido.Valeu pessoal do,181,PM e POLICIA CIVIL,continuam prestando este exelente serviço,junta a nossa comunidade.A s mães de nossa cidade agradece.Deus vos iluminem.
 
ana bergamo em 06/04/2011 09:43:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions