A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/01/2011 10:45

PM divulga redução de crimes no fim de ano e quer manter método

Ana Maria Assis e Ricardo Campos Jr.
Coronel David fala sobre os dados da operação de final de anos. (Foto: João Garrigó)Coronel David fala sobre os dados da operação de final de anos. (Foto: João Garrigó)

O comandante-geral da PM (Polícia Militar), coronel Carlos Alberto David dos Santos, divulgou na manhã de hoje (4) os números da operação de final de ano desencadeada em Campo Grande. Com a presença de representantes da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) o coronel David anunciou que houve redução no número de crimes e assegurou que o método utilizado deverá ser estendido nas atividades da PM ao longo do ano.

Ao todo, 700 policiais militares participaram da operação, que teve início no dia 1º de dezembro de 2010 e terminou no dia 2 de janeiro de 2011. Desses militares, 495 eram são alunos do curso de formação da PM. Os dados da operação apontam redução em quase todos os tipos de ocorrência, em comparação com o mesmo período do ano passado.

O método básico da operação concentrou a atuação dos policiais na área central da cidade e nas áreas de grande fluxo de comércio, como Júlio de Castilhos e Salgado Filho. Conforme os dados da operação, foram registrados 69 furtos em via urbana, sendo que no mesmo período na operação de 2009, a PM registrou 91 ocorrências do mesmo gênero, o que significa uma redução de 24,1%.

Quanto aos furtos ao comércio, de 48 em 2009, a estatística atingiu a marca de 41 ocorrências, uma redução de 14,6%. Os furtos em residências, diminuíram ainda mais. De 38 na operação de 2009, foram registradas 14 ocorrências nesta operação, uma redução de 63,1%.

Tanto os furtos em ônibus quanto furtos em ponto de ônibus diminuíram em mais de 60%.

Na área central, os registros de roubos diminuíram em 80%, na operação de 2009 tiveram cinco ocorrências, sendo que nesta última operação, foi registrado apenas um roubo.

Trabalho conjunto-O coronel David atribui o resultado da operação à parceria com a CDL e ACICG, além da inclusão de novos policiais e viaturas.

Por isso, conforme o coronel, ao longo de 2011 os policiais deverão continuar na mesma linha de trabalho, com “pequenas alterações”, segundo ele. Omar Alkar, que esteve na divulgação do resultado da operação representando a ACICG, aprovou a parceria e a operação. “Os corredores de comércio ficaram mais protegidos nesta operação, após este contato nosso com a PM. Assim, foi feito um planejamento detalhado e muito preciso para colocar a operação em prática”.





Sr EVERSON ANTONIO ROZENI, SEU COMENTÁRIO FOI DEVERAS HILARIANTE, POIS COMO PODE SER COMPARADA A AGILIDADE DE UM ATENDIMENTO VIRTUAL QUE SE DESTINA BASICAMENTE À CRIAÇÃO DE BANCO DE DADOS, POIS A PARTIR DO REGISTRO VIRTUAL NÃO HÁ QUALQUER GARANTIA DE SOLUÇÃO RÁPIDA AO PROBLEMA APRESENTADO, AO CONTRÁRIO, ESTATÍSTICAMENTE RESTA COMPROVADO QUE O PERCENTUAL DE RESOLUÇÕES DAS OCORRÊNCIAS REGISTRADAS NÃO SOLUCIONADAS É ALTÍSSIMO, EM QUE PESE O VALOROSO TRABALHO DOS POLICIAIS CIVIS DE RUA QUE SE SUPERAM A CADA DIA
COMO PODE SER COMPARADO UM REGISTRO FRIO QUE DEPENDE TÃO SOMENTE DA DISPONIBILIDADE DE CONEXÃO COM A INTERNET, COM O ACIONAMENTO FÍSICO DE EQUIPES DA PM. A TÍTULO DE ESCLARECIMENTO A POLÍCIA MILITAR NÃO É ONIPRESENTE, POIS ESSA “DÁDIVA” É EXCLUSIVA E SOBRE-HUMANA.

 
JORGE TEIXEIRA em 05/01/2011 09:36:42
A PEC 300 RESOLVERIA TODOS ESSES PROBLEMAS MOTIVACIONAIS JA QUE TANTA GENTE TA DISCUTINDO PROCUREM AJUDEM A PEC 300 E VIVA O MATO GROSSO DO SUL MELHOR ESTADO DO MUNNNNNNNNNNNNNNNNDO.
 
flavio freitas barbosa em 05/01/2011 08:20:32
"Nenhum dever é mais importante do que a gratidão." (Cícero).

O que sobrou de ensinamento é que a parceria entre a CDL, ACICG, a inclusão de novos policiais, viaturas novas e a inteligência do Coronel David, já que o último permitiu brilhante integração das informações dos primeiros, inibiu considerável percentual de crimes contra a pessoa e contra o patrimônio.

Agora, digo, conforme um provérbio antigo: "Falar é fácil, fazer que é difícil".

Parabéns à Polícia Militar.
 
Carlos de Lima em 05/01/2011 08:01:51
Parabéns à toda a Polícia Militar, personalizada na figura do Cel. Davi, efetivo, policiais motivados, relação positiva entre administração e administrado, visão empresarial numa instituição pública, buscando parcerias na construção de uma segurança pública eficaz. Essa é a forma inicial de se fazer, Parabéns, outras Polícias poderiam seguir esse caminho.
 
Marcos khadur em 04/01/2011 11:45:32
A parceria da Polícia Militar deveria antes de qualquer outra, deveria primeiro ser com a Polícia Civil que vem desempenhando, com sua Delegacia Virtual o papel do CIOPS da Polícia Militar. A criminaliade caiu porque a Polçia Civi l, inteligentemente criou a criou a Delegacia Virtual, agora não necessitamos ligar 190 e ficarmos esperando e quando somos atendidos, a guarnição nos manda procurar uma delegacia. O comando da Polícia Militar deveria se reestruturar e procurar ser útil a sociedade como é a Polícia Cicil e os Bombeiros. Áliais não sabemos quem são os oficiais da Polícia Militar! Só conhecemos o comandante da "força" pela notícias de nornais em festas da sociedade e nunca por ação operacional. O povo clama por segurança!.
 
semar mendonça em 04/01/2011 11:30:35
Senhor Semar Mendonça, antes de fazer qualquer crítica a Ilustri Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, deveria em primeiro lugar, estudar um pouco sobre todas as policias, Estaduais e Federais para aprender quais as atividades que cada uma delas realiza, o trabalho da policia Civil (sem o ç) e de investigar o crime que ja aconteceu por isso as pessoas säo orientadas a procurar a Delegacia. Para adiantar um pouquinho o CIOPS näo é da PM e significa Centro Integrado de Operaçöes de Segurança (PM, BM e PC). Os Oficiais as vezes näo precisam aparecer Ostensivamente , pois seus subordinados os representa e desempenha os trabalhos como eles os ordenam.
 
Paula Diva Silva em 04/01/2011 11:29:51
O rapaz que criticou a ação da PM parece estar equivocado. Quem dera pudéssemos ter as demais polícias trabalhando com esta nova mentalidade de parceria com a sociedade. Ele deveria buscar informações de pessoas, como eu, que sabe a importância de ter pm na rua nos dando segurança. Recebi parentes do interior de São Paulo que ficaram impressionados com a presença dos policiais militares nas ruas. Parabéns pelo trabalho desenvolvido comandante david, saiba que a população está acompanhando atentamente o vosso trabalho.
 
roberto gusmão monteiro em 04/01/2011 11:12:00
Tanto Semar Mendonça quanto Carlos Henrique estao equivocados. 1º, Semar, que o CIOPS é integrado entre PM, PC e bombeiros, todas essas forças estão no ciops. 2º, Carlos, que não é só os Policiais que são mal humorados, pois eu duvido que exista alguma pessoa que vai até a delegacia quando tá de bom humos. As pessoas só vão até "as polícias" quando algo de ruim acontece, ou não?? você já foi a delegacia para dar um bom dia aos policiais?? Tanto a PM quanto a PC estão desmotivados, pois só delegados(pc) e oficiais(pm) é que têm bons salários. Procurem saber quanto ganha os que são soldados, cabos, investigadores e escrivães... os que realmente estão na "linha de tiro". A verdade é que nem os políticos e nem os comandantes das forças estão ligando muito pra sociedade e para os que servem "diretamente" a população.
 
frederico moraes em 04/01/2011 08:12:46
Esse Semar mendonça deveria pedir para os policiais virtuais atender todas as ocorrências,pois o mesmo está totalmente perdido em seus comentarios.E esse outro internauta por nome de Sr Everson Antonio Rozeni deveria ter vergonha de enviar tal comentario,e apresentar ideias ao secretario de segurança pública para melhorar o padrão do atendimento das policias estaduais.Só um lembrete aos senhores Everson e Semar favor corrigir o texto antes de enviar.
 
Cleomenes Rodrigues em 04/01/2011 07:23:15
Faço do comentario do Marcos khadur o meu tambem parabens
 
José Arantes em 04/01/2011 07:09:45
Caro Semar Mendonça, você deveria se ater melhor aos fatos antes de externar comentários desairosos e perniciosos contra a Instituição Polícia Militar.
Quando você relata que foi a criação da Delegacia Virtual da Polícia Civil que reduziu a criminalidade, você demonstra total desconhecimento, pois a Polícia Civil ( não há cedilha no c de Polícia) quando registra os fatos ocorridos não opera em redução de criminalidade, pois o mero registro não se traduz em constatação de autoria, e conseqüente prisão na maioria dos casos. O registro em Delegacia Virtual não opera PREVENÇÃO, portanto, não é relevante à redução da criminalidade, pois o fato já ocorreu. Caso você tenha um mínimo de inteligência, conseguirá compreender o que digo.
No presente caso, a divulgação da redução da criminalidade pela Polícia Militar fundamentou a eficiência do Policiamento Ostensivo realizado pela PM, pois de forma efetiva inibiu considerável percentual de crimes contra a pessoa e contra o patrimônio.
Ilustre Semar, você se contradiz quando de forma ignóbil faz referência ao Comandante da Força, na medida em que a notícia que propiciou seu desastroso comentário não foi em razão de festas, mas exatamente sobre redução de criminalidade, fato que se vincula diretamente à brilhante atuação da Tropa da PM constituída por valorosos integrantes que trabalham diuturnamente para o alcance da Paz Social neste Estado.
Como sugestão, você deveria ficar mais atento às notícias deste Site que diariamente reporta ocorrências de destaque da Polícia Militar, para então refletir melhor sobre a questão da utilidade.
Espero que você não precise de qualquer apoio emergencial, mas se precisar pode contar com a Polícia Militar, nossos integrantes além de cumprir suas atribuições legais de preservação da Ordem Pública, enfrentando todos os tipos de desafios, em muitas ocasiões, a despeito de suas atividades funcionais precípuas, representa o primeiro braço do Estado a realizar o atendimento das mais variadas necessidades da população. Por vezes, conforme situações concretas vivenciadas na atividade cotidiana, o Policial Militar atua como psicólogo, assistente social, educador, parteiro, paramédico, conciliador de conflitos familiares, dentre outras que, diante das mais variadas necessidades, afloram no desempenho de suas funções.
Estaremos a sua disposição cidadão.

Jorge Teixeira
 
Jorge Teixeira em 04/01/2011 06:45:00
Como cidadão estou extremamente satisfeito com o trabalho da PM e do seu comandante, que inovou ao permitir a participação da sociedade nos planos feitos pela polícia. O rapaz que teceu criticas certamente está mal informado, ou com inveja. Inveja de homem é pior que de mulher...
 
luis antônio ribeiro em 04/01/2011 05:37:42
Poderia ser feita uma enquete ... quem atende mais rápido, ocionamento pela Delegacia Virtual ou o acionamento pelo 190.
 
EVERSON ANTONIO ROZENI em 04/01/2011 03:47:07
antes de criticar a Polícia Militar com parcialidade semar mendonça, elogie o brilhante trabalho que ela fez no fim de ano, e sem mera paixão, a Polícia Civil não é essa maravilha que você diz, ela trabalha aquém do que deveria, o que se vê na realidade é descaso nas delegacias de Polícia Civil, agentes mal humorado atendendo pessoas que necessitam de pelo menos uma resposta de forma gentil, a Polícia Civil não consegue nem resolver 10% das investigações que ela tem, só corre atrás quando o caso tem repercussão e para se mostrar para a imprensa.
 
carlos henrique em 04/01/2011 03:29:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions