ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SEGUNDA  06    CAMPO GRANDE 29º

Capital

PM vai vistoriar prédio do Incra na Afonso Pena para alocar 1º Batalhão

Edifício está abandonado desde 2013, quando teve condições reprovadas pelo Corpo de Bombeiros

Por Jones Mário | 19/02/2020 12:35
Prédio acumula sujeira e é alvo de reclamação por moradores e comerciantes do entorno (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Prédio acumula sujeira e é alvo de reclamação por moradores e comerciantes do entorno (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

O comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Waldir Ribeiro Acosta, designou comissão de dez policiais para vistoriar o prédio da antiga sede do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Campo Grande, na Avenida Afonso Pena, Centro. O local deve sediar a unidade do 1º Batalhão, hoje na Vila Sobrinho.

Segundo portaria, publicada na edição desta quarta-feira (19) do Diário Oficial do Estado, a comissão será responsável por “receber, conferir e examinar as condições de conservação e entrega provisória do imóvel”.

Fechado desde 2013, após ter condições reprovadas pelo Corpo de Bombeiros, o prédio está registrado no 1º Cartório de Registro de Imóveis de Campo Grande.

A comissão para vistoria é presidida pelo tenente-coronel Marco Antonio Arguelho da Silva. Outros três tenentes-coronéis, um major, um subtenente, um terceiro sargento e três cabos da PM compõem o grupo.

O prazo para que a comissão providencie termo de recebimento e exame de conservação do imóvel, e conclua os trabalhos, é de 90 dias.

Abandono - A reportagem do Campo Grande News foi até a antiga sede do Incra em outubro do ano passado. O local acumulava sujeira e gerava reclamação de moradores e comerciantes, que pontuavam aumento da criminalidade na área, principalmente pela noite.

Depois de sediar por mais de 15 anos a sede do Incra, o prédio na Avenida Afonso Pena foi considerado sem acessibilidade e condições de trabalho, conforme o relatório do MPT (Ministério Público do Trabalho).

Para cumprir TAC (Termo Ajustamento de Conduta), a repartição foi transferida para o Shopping Marrakech.

Já em agosto do ano passado, a superintendência regional do Incra acertou nova mudança de sede. A instituição vai ocupar prédio na Rua Jornalista Belizário Lima, na Vila Glória, com aluguel fixado em R$ 4,4 milhões por cinco anos.