ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Polícia divulga foto de suspeito de assassinar jovem de 18 anos com oito tiros

Hércules Alves de Souza, 21 anos, principal suspeita de assassinar Yasmin Beatriz Almeida Guedes na noite de segunda-feira

Por Viviane Oliveira | 30/09/2020 10:51
Hércules Alves de Souza, 21 anos, é procurado pela Polícia Civil sob suspeita de matar a namorada(Foto: divulgalção)
Hércules Alves de Souza, 21 anos, é procurado pela Polícia Civil sob suspeita de matar a namorada(Foto: divulgalção)

A Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à mulher) divulgou a foto de Hércules Alves de Souza, 21 anos, principal suspeita de assassinar Yasmin Beatriz Almeida Guedes, 18 anos, na noite de segunda-feira (28), na Rua João Trivellato, região do Jardim Colibri, bairro localizado na saída para São Paulo, em Campo Grande.

Desde ontem, policiais da especializada caçam pelo suspeito, que já é considerado foragido pelo crime de feminícidio. O corpo de Yasmin continua no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) porque ninguém da família apareceu no instituto para fazer a liberação.

Crime - Após vários disparos serem ouvidos, a jovem foi encontrada caída da rua, com um capacete cor-de-rosa na cabeça e vários ferimentos pelo corpo. Testemunhas contaram que Yasmin chegou de moto ao local, poucos minutos antes de ser assassinada.

Algumas pessoas chegaram a relatar que ela estava no mesmo veículo que o assassino, que fugiu em seguida. Pelo menos oito disparos de um revólver calibre 32 atingiram a jovem. Ainda não há detalhes da investigação.

Jovem foi morto com pelo menos oito disparos (Foto: Direto das Ruas) 
Jovem foi morto com pelo menos oito disparos (Foto: Direto das Ruas)

Fichado - Hércules tem várias passagens pela polícia, quando ainda era menor de 18 anos, por ato infracional referente a tráfico de drogas, roubo, receptação e porte ilegal de arma de fogo. Apesar da pouca idade, Yasmin também era fichada na polícia.

Quando adolescente foi indiciada por atos infracionais equivalente a homicídio, vias de fato, ameaça, receptação, uso de moeda falsa, fabricação, comércio e detenção de armas, associação criminosa, receptação, porte ilegal de arma de fogo, evasão do local de custódia, desobediência, direção perigosa e organização criminosa.

Conforme apurado pela reportagem, um desses casos aconteceu em 2017, quando tinha apenas 15 anos. Na época, a jovem e o então namorado, Hércules, foram flagrados em um Chevrolet Montana roubado. O rapaz ainda carregava munições calibre .765 e uma nota de R$ 50 falsa e por isso foi preso por posse ilegal de munição. Ele ainda confessou que receberia R$ 1 mil para levar o carro para o Paraguai.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário