ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Agentes encontram túnel na Máxima pela 2ª vez em menos de um mês

Por Viviane Oliveira | 07/02/2012 11:28

O caminho aberto entre as paredes dava acesso à cela 19, onde foi descoberto no último dia 13 um princípio de túnel

Presídio de Segurança Máxima, no jardim Noroeste em Campo Grande. (Foto/arquivo: João Garrigó)
Presídio de Segurança Máxima, no jardim Noroeste em Campo Grande. (Foto/arquivo: João Garrigó)

O serviço de investigação frustrou o plano de fuga de 56 detentos do Presídio de Segurança Máxima no jardim Noroeste, em Campo Grande.

Na tarde de ontem por volta das 12h50, agentes penitenciários encontraram um túnel que interligavam sete celas no pavilhão 1.

O caminho aberto entre as paredes dava acesso à cela 19, onde foi descoberto no último dia 13 um princípio de túnel. Na época, além da cela 19 também foram isoladas as celas 17 e 18.

Os detentos foram transferidos e isolados em celas disciplinares localizadas no mesmo pavilhão.

A assessoria de imprensa da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul), informou que uma empresa de engenharia já deu início às obras de reparo e o clima na unidade penal é de tranquilidade.

Segundo a direção do presídio, toda a ação por parte dos internos ocorreu entre a noite de sexta-feira (3) e a de domingo (5). Os presos chegaram a dar prosseguimento ao túnel nesses três dias.

A tentativa de fuga será investigada pela Gisp (Gerenciamento de Inteligência do Sistema Penitenciário) e pela Polícia Civil.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário