A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/07/2012 08:47

Polícia faz buscas por mais dois envolvidos em assassinato de taxista

Francisco Júnior e Paula Maciulevicius
Pequeno foi quem dirigiu veículo. (Foto: Simão Nogueira) "Pequeno" foi quem dirigiu veículo. (Foto: Simão Nogueira)
Após participar de crime, Zoinho foi para casa de prostituição. (Foto: Rodrigo Pazinato)Após participar de crime, "Zoinho" foi para casa de prostituição. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A Polícia realiza buscas à procura de mais dois envolvidos no assassinato do taxista Manoel Kusman Bondarenco, de 46 anos, ocorrido na madrugada desta sexta-feira. Já foram presos Adailton da Mata Souza, conhecido como “Pequeno”, e Evandro Silva dos Santos, conhecido como “Zoinho”, ambos de 21 anos.

De acordo com a Polícia, os dois foragidos foram identificados pelos apelidos: “Nego” e “Branco”. Segundo a Polícia divulgou, eles são do bairro Roselândia.

Adailton e Evandro foram presos logo após cometer o crime. Junto com os dois comparsas, segundo a Polícia, eles pediram a corrida por volta de 00h30 entrando em contato com a central de táxi. A vítima trabalhava no ponto da rodoviária. Como os supostos passageiros estavam na avenida Guaicurus, próximo a um supermercado, foi Manoel quem atendeu a solicitação.

Os passageiros disseram para a vítima seguir até a cidade de Sidrolândia. No trajeto, já na rodovia MS-060, perto de uma estrada vicinal após o viaduto de acesso ao frigorífico JBS, próximo do KM 363, os bandidos anunciaram o assalto. Eles usaram um cadarço de tênis para imobilizar o taxista, prendendo o pescoço dele com o cordão.

Conforme a Polícia, no momento que Manoel era retirado do carro, um dos bandidos deu duas facadas no pescoço da vítima.O corpo do taxista foi abandonado às margens da estrada.

Os quatro assaltantes fugiram do local levando o táxi, um veículo Parati. Para evitar a localização, os bandidos arrancaram o taxímetro e o GPS do carro.

Adailton foi quem saiu do local do crime dirigindo o veículo, conforme a Polícia. Em depoimento, ele contou que deixou “Nego” e “Branco” em ponto de venda de drogas no bairro Los Angeles e Evandro em uma casa de prostituição na região do bairro Pioneiros.

Manoel deixou três filhas, além de taxista, ele trabalhava como assessor do vereador Loester. (Foto: Simão Nogueira)Manoel deixou três filhas, além de taxista, ele trabalhava como assessor do vereador Loester. (Foto: Simão Nogueira)
Vestígios de sangue encontrados na porta do veículo. (Foto: Rodrigo Pazinato)Vestígios de sangue encontrados na porta do veículo. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Com o desligamento do GPS, a central perdeu contato com táxi e acionou a Polícia Militar, que de imediato passaram a realizar buscas na região. O veículo foi localizado na avenida Guaicurus. Ao ser abordado, Adailton ainda tentou enganar os PMs do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar), dizendo que era taxista e estava trabalhando.

Porém, quando os policiais abriram a porta do carro, viram os vestígios de sangue. Adailton acabou confessando o crime e disse que teve a ajuda de mais três pessoas. Ele foi preso e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga. De lá, ele acompanhou os policiais na busca aos outros envolvidos.

Mobilização: Taxistas do ponto onde a vítima trabalhava ajudaram a procurar os assaltantes. Os policiais estiveram na casa de prostituição e no ponto de venda de drogas, mas ninguém foi localizado.

Evandro foi localizado na avenida Guaicurus quando subia em um mototáxi para fugir do local.

Ele e Adailton foram levados para a delegacia. Os dois estavam com parte do dinheiro roubado da vítima, R$ 265.

Conforme levantamento da perícia, a vítima não reagiu ao assalto. Manoel deixou três filhas, além de taxista, ele trabalhava como assessor do vereador Loester



Pai..eu te amo muito o senhor vai ficar em paz no céu...eu te amo muito...agradeço a polícia militar...a justiça será feita...
 
Jessika Soares em 13/07/2012 12:06:40
pelo amor dedeus ate quando vamos sair de casa para trabalhar sem saber si voltamos pra casa eu ja fui assaltado ja escapei da morte por esses maus elementos qui estao ai procura de droga por favor vamos dar um basta nisso.roubem mas nao matem temos familia a qual nos desejam um deus te abencoe todos os dias gracas a deus.
 
odilon damasceno rodrigues em 13/07/2012 11:29:05
Que noticia triste logo pela manha. A alguns meses atras fui acordada com a noticia do assassinato do tambem taxista DUDU, meu amigo. Ambos trabalhando até altas hs para ganhar o sustento da familia, e aí vem esses assassinos e sem + - acaba com a vida de um trabalhador e de toda uma familia. Que DEUS de o descanso merecido a este taxista e conforto ao coração desta familia.
 
MAGALI SANTANA em 13/07/2012 11:08:13
Muito Triste...parabens a Policia Militar.
 
EDILSON CAMPOS em 13/07/2012 09:22:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions