A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

21/09/2011 15:33

Polícia identifica mais duas vítimas de técnico de informática pedófilo

Ana Paula Carvalho

Ao todo, seis crianças foram abusadas por Gustavo

Gustavo é suspeito de abusar de seis crianças. (Foto: Paula Vitorino)Gustavo é suspeito de abusar de seis crianças. (Foto: Paula Vitorino)

Policiais da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), em diligências, identificaram mais duas crianças vítimas do técnico de informática Gustavo Frederico de Miranda, 34 anos, preso desde o dia 08 deste mês, suspeito de abusar de quatro meninas que têm entre dez e 12 anos. Ao todo, o número de vítimas já chega a seis crianças.

Uma das crianças de 12 anos afirma que era obrigada a manter relações sexuais duas vezes por mês com o acusado, e que os abusos começaram em janeiro deste ano. Ainda de acordo com ela, a esposa dele, participava diretamente de alguns abusos. Ela pedia que a menina tocasse o órgão genital do marido e chegou a manter relações sexuais com ele na frente da menor. Ela estava grávida e deu à luz a um menino nesta semana, por isso não foi ouvida.

As outras três menores eram molestadas pelo técnico em informática. A menina de dez anos afirmou que os abusos começaram quando ela tinha apenas seis anos.

Todas as crianças são moradoras da região, sendo que duas são primas e as outras dizem que se conheceram por meio de Gustavo. Ele negou a imprensa que tenha abusado das garotas, mas informalmente confessou ao delegado de plantão que manteve relações sexuais com a menina de 12 anos.

Descoberta - O crime só veio à tona na tarde do último dia seis deste mês, quando Gustavo foi buscar uma das meninas de 12 anos na escola. A garota já estava na garupa da motocicleta do acusado quando a mãe começou a ligar e mandar mensagens. Com isso, ele levou a menina de volta para a escola.

A mãe desconfiou e pressionou a filha para que contasse o que havia acontecido. Junto com a mãe da criança estava a mãe da menina de 10 anos, que ao ouvir o relato sobre os abusos disse que também já desconfiava de Gustavo.

A Polícia foi acionada e Gustavo foi preso na quarta-feira (7), quando estava em um posto de combustível no bairro. A família e vizinhos ficaram revoltadas com o caso, querendo fazer justiça com as próprias mãos. Por isso, a prisão temporária do acusado foi decretada.



que do dessas crianças.
espero que esse pedófilo nunca mais saia na rua.
que absurdo!
 
debora moura em 24/09/2011 05:09:33
Que região morava essas pessoas? noticia muitas vezes nao sao claras...nós precisamos saber amais a respeito.
 
rosa paim em 22/09/2011 04:31:00
SERÁ???????? NUM SEI NÃO, CREIO QUE ESSE MONSTRO VAI ESTAR NA RUA LOGO LOGO. AGORA GOSTARIA DE PERGUNTAR A ELE SE ACONTECESSE COM UMA FILHA DELE? QUAL SERIA SUA ATITUDE?
 
silvia dos santos pereira em 21/09/2011 06:03:49
É O FIM DO MUNDO!
QUE DESTA VEZ ESSE PEDÓFILO NÃO SEJA SOLTO COMO FOI O PAI DE SANTO QUE ATÉ HJ NINGUÉM MAIS DEU NOTICIAS.
CRIANÇAS SÃO ANJOS! CRIANÇAS SÃO BENÇÃOS DE DEUS!
NÃO É POSSIVEL QUE ESSE SER HUMANO NÃO TENHA TEMOR DE DEUS!
ME COMPADEÇO DESSAS MÃES QUE NECESSITAM TRABALHAR E SE DEPARAM COM ESTA SITUAÇÃO HORROROSA DENTRO DE CASA.
 
TANIA MARQUES em 21/09/2011 05:29:01
O que esperamos é justica , que ele permaneca preso por um bom tempo,
 
rosilene leonel em 21/09/2011 03:54:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions