A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

29/01/2019 11:46

Polícia investiga se prisão tem relação com assassinato de adolescente

Meses antes de ser morto, Tiago da Silva foi preso tentando levar droga para sua cidade natal, no Mato Grosso

Geisy Garnes e Mirian Machado
Corpo do jovem degolado foi encontrado em uma calçada, no dia 8 (Foto: Henrique Kawaminami)Corpo do jovem degolado foi encontrado em uma calçada, no dia 8 (Foto: Henrique Kawaminami)

A Polícia Civil investiga se a morte do adolescente Tiago da Silva de Jesus, de 17 anos, tem ligação com o envolvimento dele no transporte de drogas para o Mato Grosso. O corpo do jovem foi encontrado no dia 8 de janeiro, atrás de um carro velho, na calçada do muro da Escola Municipal Irene Szukala, no Jardim das Hortênsias.

Segundo o delegado Ricardo Meirelles, da 5ª Delegacia de Polícia Civil, meses antes da execução Tiago foi preso em Dourados, tentando levar maconha de Campo Grande para sua cidade natal, Sinop no Mato Grosso.

As equipes agora tentam apurar a ligação entre essa prisão e a morte do adolescente. Tiago estava há dois meses sem dar notícias à família, que não sabia que ele estava morando em Campo Grande. Para eles, o adolescente trabalhava em uma fazenda na região de Sinop.

“A dificuldade da investigação é justamente o pouco tempo dele aqui em Campo Grande. Ele não tinha laços com ninguém”, explica o delegado. Os suspeitos do crime ainda não foram identificados.

Horas depois do corpo de Tiago ser encontrado, os autores da execução usaram o celular dele para compartilhar uma matéria do Campo Grande News que divulgava o crime. A mesma notícia foi enviada a irmã do adolescente por messenger, junto com o aviso para que a família buscasse o corpo dele na Capital de Mato Grosso do Sul.

Tiago foi estrangulado com uma corda, encontrada com o corpo, e tinha uma lesão profunda na nuca.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions