A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/08/2013 11:56

Polícia prende dois e identifica suspeitos que atiraram em PM durante assalto

Evelyn Souza
Crime aconteceu nessa mercearia. (Foto: Pedro Peralta)Crime aconteceu nessa mercearia. (Foto: Pedro Peralta)

Um jovem de 19 anos foi preso e um adolescente de 17 apreendido na madrugada desta quarta-feira (14), por envolvimento na tentativa de homicídio contra o policial militar, Eloy Orosco Figueira, 35 anos, baleado durante um roubo, no último dia 9, no Jardim Morenão, em Campo Grande. Outros suspeitos já foram identificados, mas continuam foragidos.

Segundo a equipe da Rotac, as prisões aconteceram após denúncias anônimas de que uma pessoa, identificada como Mário estaria com o celular que foi roubado durante a ação. No local. O suspeito disse que havia ganhado o aparelho do filho da namorada, um adolescente de 17 anos.

O adolescente foi apreendido por volta das 05h40 e acabou revelando onde estava a pessoa que dirigiu o carro, Jordy Rogério dos Santos, de 19 anos, que foi preso no Bairro Dom Antônio Barbosa. O veiculo utilizado na fuga, um Monza com placas de Campo Grande, também foi apreendido.

Um adolescente de 17 anos, conhecido como “Buguinho” é acusado de ter efetuado os disparos. Ele, Mário Gomes do Nascimento, 43 anos e um adolescente de 16, continuam foragidos.

O Policial Militar que foi atingido por três tiros recebeu alta da Santa Casa de Campo Grande na noite dessa terça-feira (13).

Crime – O crime ocorreu no último dia 9, por volta das 19h, na mercearia Roselândia, localizada na rua Goiatuba, no Jardim Morenão, na região do Bairro Pioneiros, em Campo Grande. O comerciante Márcio Santos Araujo, 37 anos, conta que conversava com Eloy dentro do estabelecimento quando o bandido chegou, anunciou o assalto e pediu a chave da moto que estava estacionada em frente ao local.

Segundo o proprietário da mercearia, Eloy entregou a chave da CB 300, sem hesitar. Em seguida, sempre com a arma apontada em direção ao policial e ao comerciante, o assaltante mandou as vítimas ficarem agachadas enquanto ele se dirigia para a porta do estabelecimento, onde estava o outro bandido. Outros dois comparsas aguardavam a dupla na esquina da mercearia.

Conforme o relato de Mário, quando o assaltante chegou à porta e virou de costas para as vítimas, o policial tentou pegar a arma que estava na cintura para reagir ao assalto, mas foi surpreendido pelo bandido, que percebeu o movimento do PM.

Os dois começaram uma briga corporal na rua, até o momento que o bandido conseguiu livrar uma das mãos e disparou três tiros contra o PM, que o atingiram no tórax e no abdômen.

Após perceberem que o policial estava ferido, os quatro assaltantes fugiram do local e deixaram a moto que foram roubar. “Eu fiquei muito assustado, porque ele atirou para matar”, comentou o comerciante.

Márcio colocou o militar dentro do carro dele e o levou até o quartel do Corpo de Bombeiros do bairro Coronel Antonino. Com ferimentos graves, o policial foi encaminhado para a Santa Casa.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions