A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/03/2014 10:27

Policiais civis sinalizam greve e reivindicam melhores condições de trabalho

Viviane Oliveira e Graziela Rezende

Os policiais civis de Mato Grosso do Sul ameaçam greve a partir do mês de abril deste ano, caso não tenham avanço nas negociações com o governador do Estado, André Puccinelli (PMDB). A ação foi decidida durante a última assembléia da categoria, realizada no sábado (9). Eles ainda querem ter assegurado o direito do aumento salarial de 20%, assegurado em negociação realizada no ano passado.

De acordo com o presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Alexandre Barbosa da Silva, a categoria vai pedir 9% de reajuste em maio e 11% a partir de dezembro deste ano.

Alexandre afirma que, conseguiu marcar uma reunião com o governador para a próxima semana, por meio de conversa com o seu assessor Carlos Roberto de Marchi. “Caso ocorra o impasse, estão previstos para os próximos dias panfletagens, carreatas e passeatas para informar a população sobre as nossas reivindicações e pedir o seu apoio”, diz.

A categoria reivindica melhorias nas condições de trabalho, aumento do efetivo e também que seja resolvida a questão de transferência de presos, que permanecem por muito tempo nas celas das delegacias.

Conforme Alexandre, são 1,4 mil policiais em todo o Estado, entre investigadores, papiloscopistas e agentes de Polícia Científica. O governador ainda não fez uma proposta para a categoria. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions