A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/08/2014 14:36

Policial usou arma da PM para matar ex-mulher e cometer suicídio

Edivaldo Bitencourt e Kleber Clajus
Amigos lamentam a morte de Luciano no Facebook (Foto: Arquivo pessoal/Facebook)Amigos lamentam a morte de Luciano no Facebook (Foto: Arquivo pessoal/Facebook)

O policial militar Luciano Gomes Chamorro, 28 anos, usou uma pistola calibre .40, a mesma usada pela corporação, para matar a ex-mulher, Mayara Cristina da Silva, 22, e se matar por volta das 12h10 de hoje no Bairro Nova Jerusalém, na saída para São Paulo. Ele efetuou de três a quatro disparos.

Segundo a perita Regina Dias, dois tiros atingiram Mayara, sendo um no antebraço esquerdo e outro na face. O PM morreu com um tiro no lado direito da cabeça.

Já o delegado Thiago Macedo dos Santos, da 4ª Delegacia de Polícia, das Moreninhas, foram quatro disparos. O quarto ricocheteou em uma parede da residência, onde houve a tragédia.

Uma das possibilidades é que Mayara colocou o braço na frente do rosto para se proteger dos tiros. Sobre a pistola, a perita disse que a possiblidade da arma ser a mesma usada pela PM é grande. 

A Polícia Civil vai pedir à PM informações sobre o autor da tragédia, para confirmar se ele estava de férias ou afastado do serviço.

Como o caso é violência doméstica, o assassinato e o suicídio serão investigados pela Delegacia de Atendimento à Mulher.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions