A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

31/07/2014 12:43

Prefeitura cria grupo de trabalho para discutir fechamento do lixão

Aline dos Santos

A Prefeitura de Campo Grande criou um grupo de trabalho para discutir a transição do lixão para UTR (Unidade de Triagem dos Resíduos). Ontem, os diretores-presidentes do Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano), Marcos Cristaldo, e da Funsat (Fundação Social do Trabalho), Cícero Ávila, conversaram com os catadores de materiais recicláveis.

O diretor da Funsat disse que a proposta inicial seria integrar os trabalhadores em cooperativas já existentes ou criar uma nova cooperativa. “A medida deve estar sempre vinculada a uma solução que respeite a categoria e amparada na legalidade”, afirmou.

Conforme a assessoria de imprensa da Prefeitura, o grupo de trabalho é composto por integrantes do poder público, da iniciativa privada e de representantes dos catadores de materiais recicláveis do lixão. A equipe tem prazo de até 90 dias para realizar estudos e propor soluções.

A obra da UTR terá recursos de R$ 5,4 milhões - custeados pela Prefeitura e a empresa CG Solurb, que venceu licitação para fazer a gestão dos resíduos sólidos -, mas deve ficar pronta fora do prazo estabelecido na Lei Federal 12.305/2010, que prevê o fim dos lixões até 4 de agosto deste ano.

Localizado no bairro Dom Antônio Barbosa, o lixão chegou a ser fechado em dezembro de 2012, após funcionar por 28 anos. No entanto, a Justiça determinou a reabertura dem janeiro de 2013, pois os catadores ficaram sem fonte de renda.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions