A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

07/02/2018 08:47

Prefeitura e Governo declaram ponto facultativo nos dias 12, 13, e 14

Na Quarta-feira de Cinzas, os trabalhos retornam às 13 horas, para ambas repartições

Danielle Valentim
Decreto municipal pontua que unidades e serviços considerados essenciais no atendimento à população não serão paralisados.
(Foto: Marcos Ermínio)Decreto municipal pontua que unidades e serviços considerados essenciais no atendimento à população não serão paralisados. (Foto: Marcos Ermínio)

As repartições públicas estaduais e municipais não terão expediente nos dias 12, 13 e 14, até às 13h, conforme decretos publicados nos diários oficiais.

O Governo já havia anunciado os pontos facultativos do ano de 2018, no dia 12 de janeiro. Já a Prefeitura declarou em publicação oficial nesta quarta-feira (7).

Tanto o decreto municipal quanto o estadual pontua que unidades e serviços considerados essenciais no atendimento à população não serão paralisados. 

Dirigentes dos órgãos e entidades serão os responsáveis em garantir o funcionamento dos serviços essenciais

Confira os feriados e pontos facultativos estaduais:

12 de fevereiro Ponto facultativo
13 de fevereiro Carnaval (ponto facultativo)
14 de fevereiro Quarta-feira de Cinzas (ponto facultativo até às 13 horas)
29 de março Ponto facultativo
30 de março Semana Santa (feriado nacional)
21 de abril Tiradentes (feriado nacional)
30 de abril Ponto Facultativo
1º de maio Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional)
31 de maio Corpus Christi (ponto facultativo)
1º de junho Ponto Facultativo
7 de setembro Independência do Brasil (feriado nacional)
11 de outubro Criação do Estado (feriado estadual)
12 de outubro Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional)
2 de novembro Finados (feriado nacional)
15 de novembro Proclamação da República (feriado nacional)
16 de novembro Ponto Facultativo
24 de dezembro Ponto Facultativo
25 de dezembro Natal (feriado nacional)
31 de dezembro Ponto facultativo



Simplesmente vergonhoso o tal de "ponto facultativo". Facultativo por que: quem quiser pode ir trabalhar? Total falta de respeito para com os contribuintes...
 
EDSON TROMBINE LEITE em 07/02/2018 09:15:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions