A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/10/2012 11:16

Presa dupla que matou dois na Nha-Nhá em acerto de contas

Paula Maciulevicius e Viviane Oliveira
Armas apreendidas com os jovens: Thiago Fugêncio dos Santos Pereira e Jairo Ruberdo Farias, na 5ª DP da Capital. (Foto: Simão Nogueira)Armas apreendidas com os jovens: Thiago Fugêncio dos Santos Pereira e Jairo Ruberdo Farias, na 5ª DP da Capital. (Foto: Simão Nogueira)

Policiais da Cigcoe (Companhia Independente de Policiamento de Crises e Operações Especiais) em rondas na região da avenida Manoel da Costa Lima prenderam um dos envolvidos e chegou ao segundo suspeito de matar dois jovens na Vila Nha-Nhá no último dia 18 de outubro, em Campo Grande.

Jairo Ruberdo Farias, 19 anos, conhecido como Cicatriz, foi preso na avenida com um revólver calibre 38. Depois de pego ele confessou que matou Jeferson Oliveira dos Santos, 21 anos e ainda entregou o comparsa, que estava escondido na Mata do Jacinto.

No bairro, os militares prenderam Thiago Fugêncio dos Santos Pereira, 19 anos, com uma pistola .40, da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) do Estado. O rapaz confessou que matou Emerson Jesus Araújo, 19 anos.

Os dois crimes foram cometidos na noite do dia 18 de outubro, num intervalo de pouco menos de 3h. Emerson, executado por Thiago, morreu na hora. Já Jeferson, o segundo a ser atingido pelos disparos, resistiu aos ferimentos, foi socorrido, mas morreu no dia seguinte, na Santa Casa.

Ainda nesta manhã, a Cigcoe também apreendeu o adolescente de 17 anos envolvido na segunda execução. O rapaz já tinha se apresentado à Polícia acompanhado do advogado, porque na noite do dia 18, era ele quem dirigia o carro para Cicatriz matar Jeferson.

A primeira motivação pelos crimes foi disputa pelo tráfico de drogas na região. No entanto, a defesa do adolescente de 17, alegou que o pivô era a mulher de Thiago. Na versão dada pelo adolescente no momento da apresentação, Thiago Fugêncio soube que a namorada, uma adolescente de 17 anos, tinha se envolvido com Emerson.

Segundo esta versão, Thiago matou Emerson por ciúmes e um acerto de contas pelo envolvimento com a adolescente. Depois do crime, quando os amigos da vítima tomaram conhecimento, Jairo se vingou baleando Jeferson.

Jairo era foragido da Colônia Penal Agrícola. Ele já tem passagens por homicídio e tentativa de homicídio.

Todos estão presos na 5ª Delegacia de Polícia Civil da Capital.



DE NOVO A NHANHA...
 
CLAUDEMIR CARNEIRO DE BRITES em 30/10/2012 11:36:48
SEMPRE A NHANHA...
 
CLAUDINEIA CHAVES DA SILVA em 30/10/2012 11:36:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions