ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Primeira escola a receber salas de aula modulares já está com obra quase no fim

Ao todo, são 166 salas nesse modelo para atender a Rede Municipal e a entrega foi dividida em duas etapas

Por Lucia Morel | 15/01/2024 18:43
Salas modulares sendo erguidas nas Moreninhas. (Foto: PMCG)
Salas modulares sendo erguidas nas Moreninhas. (Foto: PMCG)

As primeiras salas de aula modulares de Campo Grande estão quase sendo finalizadas na Escola Municipal José Mauro Messias, no Bairro Moreninhas. São 10 unidades apenas lá e mais 51 devem ser finalizadas até o início do ano letivo, em 15 de fevereiro em outras escolas. Ao todo, 600 vagas serão criadas através desse sistema de montagem mais rápida no período.

Entretanto, ao todo, são 166 salas de aula nesse modelo para atender a Rede Municipal de Ensino e a entrega foi dividida em duas etapas, sendo a primeira agora até o início do ano letivo e a segunda, em abril. Com as salas, o aumento no número de vagas é de 6.600.

O diretor da unidade escolar das Moreninhas, Daniel Ávalos, que comanda a escola há cinco anos, diz que com a construção das novas salas, será possível retomar a biblioteca. “Tivemos a necessidade de fazer da biblioteca uma sala de aula para receber a demanda, mas agora ela vai voltar a ser biblioteca, para a melhoria na qualidade do ensino dos nossos alunos”, se alegra.

A prefeita Adriane Lopes enfatizou que “ao descobrirmos a possibilidade de fechar turmas do 9º ano para abrir espaço ao grupo 4, isso me incomodou. Não é apropriado encerrar salas, e por isso decidimos enfrentar o desafio, garantindo a construção de novas salas de aula de maneira eficiente, antecipando-se ao início do ano letivo”, afirmou.

Nesta etapa, recebem a expansão as seguintes escolas municipais: Senador Rachid Saldanha Derzi, com 5 novas salas; EMEI Professora Elza Francisca de Souza Maciel, com uma nova sala; Celina Jallad, 4 novas salas; Professora Maria Regina de Vasconcelos Galvão, 10 novas salas; Dr. Plínio Barbosa Martins, construção de 5 novas salas; Frederico Soares, 3 salas; Professora Arlene Marques, 10 novas salas; Professora Leire Pimentel, 4 salas; Abel Freire Aragão, 4 salas; Irmã Edith Coelho Netto, 5 novas salas de aula.

Placas solares na Escola Municipal Virgílio Alves de Campo. (Foto: PMCG)
Placas solares na Escola Municipal Virgílio Alves de Campo. (Foto: PMCG)

Energia solar – A Prefeitura de Campo Grande também já começou a instalar as placas solares em quatro unidades da Capital. Na Escola Municipal Virgílio Alves de Campo, que tem 650 matriculados, a energia fotovoltaica foi toda instalada nos telhados. Todas as 205 unidades serão contempladas com energia solar até o fim deste ano.

Os equipamentos já foram entregues em outras três: Escola Municipal Domingos Gonçalves Gomes, Professor Luiz Cavallon e EMEI Nossa Senhora Auxiliadora.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias