A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

10/08/2017 08:52

Produtor que teve 81% do corpo queimado continua internado em estado grave

Priscilla Peres
Defesa Civil ainda calcula estragos deixados pelo incêndio. (Foto: MaracajuSpeed)Defesa Civil ainda calcula estragos deixados pelo incêndio. (Foto: MaracajuSpeed)

Permanece sedado e no CTI (Centro de Tratamento e Terapia Intensiva), o produtor rural Edmilson Vincensi que teve grande parte do corpo queimado em um incêndio na sua fazenda localizada em Maracaju - distante 160 km de Campo Grande, na terça-feira (08).

De acordo com a Santa Casa, ontem Edmilson foi reavaliado pela equipe de cirurgia plástica, que constatou queimaduras em 81% do corpo e nas vias aéreas. A maioria dos machucados foram nos membros superiores, como pescoço, braços, costa.

Seu estado de saúde é considerado gravíssimo e a equipe médica trabalha para estabilizar o paciente, para então avaliar quais medidas podem ser tomadas para melhora. Edmilson é considerado um grande queimado, ou seja, um paciente grave de queimadura.

O produtor rural ficou ferido ao tentar apagar o incêndio de grandes proporções que atingiu sua fazenda. O trator em que ele estava também foi atingido pelas chamas. Edmilson foi transferido para a Santa Casa ainda na terça-feira, de avião.

O Corpo de Bombeiros levou pelo menos cinco horas para conter as chamas e estima que 100 hectares tenham sido queimados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions