A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/10/2014 17:23

Professores e alunos relatam momentos de pânico e desespero

Michel Faustino e Renan Nucci
Funcionários realizam a limpeza de prédio de escola destruída por raio (Foto: Marcos Ermínio)Funcionários realizam a limpeza de prédio de escola destruída por raio (Foto: Marcos Ermínio)

Funcionários e alunos da Escola Municipal José Dorileo de Pina, no Jardim Monumento, na saída para São Paulo, relataram momentos de pânico e desespero após o estabelecimento, onde estavam cerca de 350 crianças, ser atingido por um raio por volta das 15h50 desta quinta-feira (23).

De acordo com a diretora, Maria de Fátima Arbaia, o raio destruiu o telhado de duas salas e da sala dos professores. As crianças levaram um susto, e desesperadas começaram a chorar.

A professora Suelen Medeiros Morais Fagundes, 28 anos, estava dentro de uma das salas atingidas, e foi surpreendida pelo ocorrido.

“Eu estava dando aula normalmente, momento em que houve um estrondo muito forte no telhado. Do nada o teto da sala começou a desabar e caíram diversos pedaços de telhas”, relatou.

Segundo ela, a primeira coisa que fez foi tentar proteger as crianças que estavam dentro da sala e “tirá-las do local”. “A primeira coisa que eu fiz vou proteger elas. Fiquei com medo de que as crianças se machucassem. Foi desesperador”, disse.

Um aluno do quinto ano, de apenas oito anos, disse que ficou apavorado com medo de que tudo desabasse. Segundo ele, no momento do ocorrido “rezou” para que um raio não caísse em sua casa.

Já uma menina de dez anos, também do quinto ano, disse que a cena foi “assustadora”. “Eu abri a porta e vi tudo caindo. Parecia cena de filme de terror”, disse a reportagem.

O ocorrido gerou pânico também nos pais dos alunos, que neste momento estão indo até a escola buscar os filhos.

De acordo com o sub-tenente do Corpo de Bombeiros, Elidio de Oliveira de Souza, apesar do pânico gerado pelo ocorrido não houve feridos.

Pais correram até a escola para levarem filhos para casa. (Foto: Marcos Ermínio)Pais correram até a escola para levarem filhos para casa. (Foto: Marcos Ermínio)
Estrutura de duas salas ficaram comprometidas. (Foto: Marcos Ermínio)Estrutura de duas salas ficaram comprometidas. (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions