A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/04/2014 16:57

Projeto prevê "tolerância zero" para reduzir violência nas escolas

Zana Zaidan
Crimes e infrações cometidos por alunos serão punidos com mais rigor, prevê projeto da Polícia Civil (Foto: Arquivo)Crimes e infrações cometidos por alunos serão punidos com mais rigor, prevê projeto da Polícia Civil (Foto: Arquivo)

O aumento de casos de violência nas escolas de Campo Grande acendeu o alerta da Polícia, que lançou hoje (30) o projeto “Tolerância Zero”. Conforme o idealizador da iniciativa, o investigador Francisco Melo, da 4ª DP, os educadores terão mais autoridade e a polícia estará mais atuante dentro das escolas de Campo Grande.

“A lei será de fato colocada em prática com a proibição do uso do celular, repressão de crimes como o desacato, desobediência, ameaça e pichação, por exemplo”, explica.

Os crimes e infrações cometidos nas instituições ensino deverão ser, de imediato, comunicados à direção da escola e Guarda Municipal, que tomarão as medidas necessárias, que vão desde advertência até ao encaminhamento a delegacia mais próxima para o registro de boletins de ocorrências e instauração de procedimentos.

De acordo com o policial, a ideia de desenvolver o projeto nasceu com o crescimento da violência e crimes dentro das escolas. “Nós fizemos estudos e identificamos os problemas, que foram inicialmente apresentados aos pais”, explica o investigador.

Melo apresentou hoje o projeto na Escola Estadual Waldemir de Barros, no Moreninha II. Inicialmente será desenvolvimento no bairro e região, mas a meta é implantá-lo também em outras escolas de Campo Grande, sempre em parceria, entre escola, pais, estudantes, Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Municipal e Conselhos Comunitários de Segurança.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions