ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Quatro meses após chacina, polícia prende 2 e procura 3º envolvido em crime

Crime aconteceu em outubro de 2020 e deixou três mortos no bairro Jardim Sumatra

Ana Oshiro e Bruna Marques | 14/04/2021 10:25
Vidro estilhaçado sobre o banco do veículo onde uma das vítimas de chacina estava (Foto: Arquivo/Kísie Ainoã)
Vidro estilhaçado sobre o banco do veículo onde uma das vítimas de chacina estava (Foto: Arquivo/Kísie Ainoã)

Cerca de quatro meses e meio após a chacina, onde três homens foram assassinados, no bairro Jardim Sumatra, região sul de Campo Grande, a polícia prendeu dois suspeitos e identificou um terceiro envolvido, que ainda é procurado.

Sem divulgar idade ou nome dos envolvidos, para não atrapalhar os trabalhos de investigação, o delegado Gustavo Bueno, da 5ª DP (Delegacia de Polícia Civil), responsável pela investigação, disse ao Campo Grande News que o inquérito está próximo de ser fechado.

O crime aconteceu na madrugada do dia 31 de outubro de 2020, na Rua Augusta Rossini Guidi. Durante as investigações, a polícia identificou os calibres das armas usadas no crime, um revólver 32 e um .40. Um grupo de 4 pessoas, três homens e uma mulher, chegou ao local fortemente armado em um carro parecido com Renault Sandero.

Vítimas foram mortas com vários tiros no meio da rua (Foto: Arquivo/Direto das Ruas)
Vítimas foram mortas com vários tiros no meio da rua (Foto: Arquivo/Direto das Ruas)

Marco Antônio Cavalcante Américo, 36 anos, foi o primeiro a ser atingido por disparos de arma de calibre 12. Depois, o grupo atirou contra Weslley da Silva Rodrigues Alves, 20 anos. Alex Vilhagra Ifran, 24 anos, foi o último a ser executado.

Poucos dias após o crime, no dia 3 de novembro de 2020, a polícia identificou o primeiro suspeito envolvido, através do apelido que o homem usava. Desde então não haviam novidades sobre a investigação.

Nos siga no Google Notícias