ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Recolhida, família de Cristovão Silveira confirma sepultamento amanhã às 16h

Por Paulo Nonato de Souza | 19/07/2017 16:38
Ex-vereador Cristovão Silveira, encontrado morto junto com sua esposa, na saída para Rochedo (Foto: Arquivo/Câmara Municipal de Campo Grande)
Ex-vereador Cristovão Silveira, encontrado morto junto com sua esposa, na saída para Rochedo (Foto: Arquivo/Câmara Municipal de Campo Grande)

O sepultamento do ex-vereador Cristóvão Silveira, 65 anos, e sua esposa, Fátima Silveira, 56 anos, será às 16 horas desta quinta-feira, no Cemitério Parque das Primaveras, confirmou a família. O velório vai acontecer no mesmo local a partir das 7h da manhã.

Em nota, a família de Cristóvão e Fátima Silveira agradece o apoio e solidariedade. “Diante do momento, a família se mantém unida e recolhida no amparo de seus membros. O velório acontece a partir das 7h desta quinta-feira (20) no cemitério Parque das Primaveras e o sepultamento será às 16h da mesma data. Certos da compreensão de todos, principalmente da necessidade dos filhos e familiares de permanecerem recolhidos, mais uma vez, contamos com o respeito até agora dispensado”, diz a íntegra da nota.

Cristovão Silveira e sua esposa foram encontrados mortos por volta das 20h desta terça-feira, na chácara onde moravam, no km 24 da MS-80, na saída para Rochedo, em Campo Grande. O suspeito seria o caseiro, que contou com a ajuda do filho e de mais uma pessoa, todos já presos pela polícia.

Após o crime, a caminhonete L-200 do ex-vereador foi roubada pelos filhos do caseiro. O veículo foi levado para a fronteira com a Bolívia, onde foi abandonado.

O casal deixou dois filhos. Um deles é o cineasta campo-grandense Felipe Silveira, que em 2014 participou do 7° Brazilian Film Festival, em Los Angeles, com o filme “O Florista”.

Histórico - Cristóvão Silveira foi vereador por cinco mandatos e deixou a câmara em 2012, quando não se candidatou à reeleição. Ele foi vereador pelo PSDB e é o autor da Lei da Cantina Saudável. Já Fátima Silveira era formada em Turismo e dedicava-se à família.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário