A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/11/2015 11:10

Reinaldo inaugura ala de terapia e estuda convênio para cirurgia de olhos

Caroline Maldonado e Leonardo Rocha
Governador disse que estuda convênio para cirurgia de olhos no São Julião (Foto: Fernando Antunes)Governador disse que estuda convênio para cirurgia de olhos no São Julião (Foto: Fernando Antunes)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) inaugurou nesta manhã uma ala de recuperação no Hospital São Julião para pacientes vindos dos hospitais Regional, Universitário e Santa Casa. Ele anunciou que o governo estuda ainda oferecer cirurgias oftalmológicas no hospital, quando terminar a Caravana da Saúde, que percorre municípios.

A nova ala, chamada CCI (Centro de Cuidados Integrados), tem 22 leitos e vai fazer terapia intensiva de pacientes que precisam de cuidados especiais antes de receber alta. O atendimento é específico para pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) dos três hospitais. Campo Grande é o terceiro município do país ter um programa como esse. A ala já existe em hospitais de Rebolsas (PR) e Franca (SP).

Investimento - O prédio foi construído com recursos próprios do São Julião, com doações de equipamentos e recursos da iniciativa privada. Segundo o Secretário de Saúde, Nelson Tavarares, o Governo do Estado vai repassar R$ 35 mil por mês para custeio, além de já ter repassado R$ 412 mil, que serão usados na infraestrutura de acesso, pavimentação e drenagem da unidade. Ao todo, o governo vai investir R$ 850 mil, em um ano.

O gasto mensal dos 22 leitos é de R$ 200 mil. Já foi confirmado recurso de R$ 35 mil por parte do Governo de MS e R$ 35 mil por parte da prefeitura, o que soma R$ 70 mil. O restante, R$ 130 mil, virá do Ministério da Saúde. Porém, ainda não houve a habilitação do recurso federal, de acordo com o secretário, por isso vão funcionar 12 leitos, por enquanto. A transferência de pacientes será organizada pelo sistema de regulação do governo, que está em fase final de implantação.

Reinaldo disse que é um desafio estruturar e organizar a saúde em momento de crise. “Acho importante a inovação com esse tratamento a pacientes do SUS. É um orgulho fazer parte desse convênio e pactuar com o São Julião”, comentou o governador. Em seguida, ele disse que está em estudo um convênio com o São Julião para realização de cirurgias oftalmológicas para dar continuidade a Caravana da Saúde, que até o término deve realizar 30 mil operações.

O diretor administrativo do São Julião, Hamilton Alvarenga, ressaltou que o atendimento neste novo modelo vai contribuir muito para a recuperação dos pacientes. “Na transferência, vai ter uma condição previamente estabelecida. Como, por enquanto, ainda não temos o recurso federal, vamos trabalhar com uma equipe multidisciplinar, porque cada equipe atende dez pacientes. Quando tiver todo dinheiro contrataremos mais uma”, detalhou.

Atendimento começa com 12 leitos, mas será ampliado com liberação de recurso federal (Foto: Fernando Antunes)Atendimento começa com 12 leitos, mas será ampliado com liberação de recurso federal (Foto: Fernando Antunes)
Ala vai atender pacientes que precisam de terapia antes de alta médica (Foto: Fernando Antunes)Ala vai atender pacientes que precisam de terapia antes de alta médica (Foto: Fernando Antunes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions