A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019

03/03/2019 08:21

Saldo de sábado de Carnaval tem 5 veículos furtados perto da Esplanada

Furtos e roubos foram registrados nas delegacias e ocorreram no entorno da folia na Esplanada Ferroviária

Izabela Sanchez
Delegacia de pronto atendimento Piratininga, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)Delegacia de pronto atendimento Piratininga, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)

A folia começou animada no sábado (2), primeiro dia de carnaval e a população pode aproveitar até às 22h na região da Esplanada Ferroviária, em Campo Grande. A festa, ainda assim, foi marcada pelos furtos e roubos de celulares e veículos na região onde aconteceu o desfile da Valu, apontada como a mais perigosa para quem pensa em ir dirigindo até o Carnaval de rua.

Ao menos dois casos de furto e roubo de celulares e cinco casos de furtos de veículos foram registrados nas delegacias do Centro e Piratininga. Na madrugada deste domingo (3), um folião que foi buscar o Celta, mas não encontrou o veículo.

Ele deixou o carro na Rua Barão do Rio Branco, próximo à Morada dos Baís e o veículo foi furtado. O homem registrou o caso na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga 1h27 da madrugada.

Outra pessoa que foi curtir o Carnaval percebeu que o carro, um Gol, havia sido levado da Rua Antônio Maria Coelho, entre a Rui Barbosa e a 14 de Julho. O caso foi registrado na Depac Centro. Outro veículo furtado foi um Uno de cor cinza. O motorista deixou o veículo estacionado na Rua 13 de maio, próximo à Santa Casa e percebeu que o Uno tinha sido levado por volta das 22h30.

Um Gol também foi furtado durante a noite, na Rua Barão do Rio Branco, esquina com a Ernesto Geisel. O proprietário percebeu que o veículo foi furtado ao buscar o carro por volta das 22h30.

Uma motocicleta Fan, de cor preta, também foi levada, por volta das 20h40, da Avenida Afonso Pena, onde estava estacionada em frente ao Bonfim Lanches. O proprietário relatou aos policiais que deixou o veículo por apenas 10 minutos e quando voltou, percebeu que havia sido levado.

Já na Rua dos Ferroviários, outra vítima caminhava por volta das 23h, depois de sair do Cordão Valú. Indo para casa, foi cercada por um grupo que exigiu o celular. Ao negar-se a dar o objeto aos assaltantes, foi agredida com chutes e socos. Quando caiu no chão, os ladrões levaram o celular e correram em direção à Avenida Mato Grosso.

Outra vítima deixava o Carnaval e caminhava pela Avenida Mato Grosso, em frente ao colégio Dom Bosco quando notou que o celular havia sido furtado do bolso. Ao registrar a ocorrência, a vítima relata ter ligado, mas a pessoa atendeu e desligou o aparelho.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions