A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/02/2016 18:28

Sem entender morte da esposa, Heraldo tem "razão de tudo" nos filhos

Mulher grávida passou mal e morreu na manhã de hoje, mas deixou a pequena Deise como um presente

Bianca Bianchi
Heraldo com o filho de três anos aguardando para visitar a recém-nascida (Foto: Fernando Antunes)Heraldo com o filho de três anos aguardando para visitar a recém-nascida (Foto: Fernando Antunes)

O dia 4 de fevereiro ficará marcado para sempre na vida de Heraldo da Silva Rojas. Em um mesmo dia, o homem de 30 anos ganhou um presente, mas perdeu um amor. A alegria pelo nascimento da filha Deise contrasta com a tristeza pela perda da esposa, Rosângela, aos 35 anos.

"Vou ter que arranjar forças. Não posso desistir. Meus filhos agora são a razão de tudo pra mim", desabafou com a voz - e o olhar - triste.

Heraldo perdeu a esposa na manhã de hoje (04), depois que ela passou mal de madrugada. Grávida de 9 meses e com o parto previsto para o próximo dia 11, foi levada ao posto de saúde do bairro Coronel Antonino pelo marido com dores e falta de ar.

Segundo Heraldo, o posto não estava cheio, mas mesmo assim, a esposa demorou cerca de 30 minutos para ser atendida.

"Além de esperar com dor, quando o médico chamou, não examinou ela nem por 5 minutos. Ele viu que ela estava com pressão alta, passou um medicamento e liberou", conta.

Como a farmácia do posto estava fechada, o casal voltou pra casa e retornaria ao amanhecer para buscar o remédio receitado. Mas, não houve tempo.

"Ela acordou apavorada, sem ar de novo e vomitando. A ambulância chegou rápido, mas só a tempo de fazer minha filha nascer. Fizeram o parto no chão da porta da minha casa", lembra. A menina nasceu saudável, mas está em observação na Santa Casa. O casal já tem um filho de três anos.

Sem entender direito ainda o que aconteceu, Heraldo levou o caso à polícia. Um boletim de ocorrência foi registrado como "morte a esclarecer".

O velório acontece na funerária Pax Universo. O sepultamento está previsto para as 15h30 de sexta-feira (05).

Procurada pela reportagem do Campo Grande News, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informou, via assessoria, que irá se manifestar quando for e se for intimada, na fase do inquérito policial. A Sesau disse também abrirá uma sindicância interna para apurar os fatos.

Mulher é internada na Capital com suspeita de síndrome associada ao zika
Uma mulher de Paranaíba, a 422 quilômetros de Campo Grande, está internada no Hospital Universitário de Campo Grande desde a terça-feira (2) com susp...
Mulher de 27 anos morre depois de passar a noite bebendo com amigos
Rosana Ribeiro de Souza, 27, morreu por volta de 10h de ontem (3) após ter ingerido muita bebida alcoólica na madruga de quarta-feira com dois amigos...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions