A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

01/06/2012 14:25

Sem fachadas, quem passa pelo centro acha que paisagem ficou feia

Luciana Brazil

Depois da retirada da maior parte das fachadas das lojas no centro de Campo Grande, o cenário revelado provoca críticas negativas. Paredes sujas, precisando de pintura, sujeira de insetos, além de estruturas metálicas que ficaram para trás, deixaram o visual muito longe de um cartão postal.

“Está horrível. Eu não tinha reparado que as fachadas tinham sido tiradas, mas percebi que está muito feio”, disse Viviane Lorenço de Melo, 19 anos.

Para grande parte dos frequentadores do centro, pessoas que circulam diariamente pelas ruas da cidade, a intenção da prefeitura é boa, mas por enquanto só o lado feio se destaca. “É um processo comum, mas espero que passe logo porque está realmente feio”, disse a estudante Lorena Borges, 23 anos.

Além da beleza, ou melhor da falta dela, uma pedestre aponta outra problema. "Eu gostei. Acho que só vai ajudar a cidade, mas percebi que muitas pessoas que são contratadas para retirar as fachadas não estão respeitando a população. Tem gente passando e eles vão tirando, sem respeito ao pedestre", disse a crediarista Aretuza Heliodoro, 21 anos.

População aprova projeto, mas frisa que, por enquanto, as ruas estão horriveis. (Foto:Minamar Júnior)População aprova projeto, mas frisa que, por enquanto, as ruas estão horriveis. (Foto:Minamar Júnior)

Sem imaginar o que existe por trás das fachadas, as pessoas se chocaram com o estado daquilo que estava por escondido por luminosos e paineis. “As pessoas só disfarçam. Ninguém limpa ou arruma o que está por baixo para depois colocar a fachada”, lembrou Gustavo Gomes Medeiros, 22 anos, administrador.

Acostumada a andar pelas ruas do centro, a vendedora Ariane Silva, 34 anos, ressaltou que a sujeira “descoberta” depois que as fachadas foram retiradas, é mais do que esperada. “É claro que vai estar sujo e feio. É um lugar que ninguém mexe. Como as pessoas achavam que ia ficar”, questionou.

Ainda segundo a vendedora, a expectativa é que as novas fachadas sejam colocadas o quanto antes. “Faz parte do processo, mas tomara que fique tudo pronto logo”.

Na 14 de Julho, emaranhado de fios e paredes sem pintura ficou evidenciado com a retirada das fachadas. (Foto: Minamar Junior)Na 14 de Julho, emaranhado de fios e paredes sem pintura ficou evidenciado com a retirada das fachadas. (Foto: Minamar Junior)


QUE NADA... FICOU SHOW, FICOU COMO NOSSA POLITICA ,TODA SUJA.
 
JEFFERSON MARQUES em 02/06/2012 12:33:54
Quando chover, temos que ir para o shopping, os toldos farão falta e essas fachadas velhas e antigas...tem jeito?
 
daniela dias em 02/06/2012 12:25:42
Parabéns prefeito! Agora falta limpar, arrumar e pintar. O prefeito precisa também intimar o proprietário do prédio que fica nas esquinas da 14 de julho com Afonso Pena. É vergonhoso ver o tal prédio abandonado, sujo, no centro da cidade...Para os turistas é um cartão postal negativo. Tem também o prédio inacabado, bem perto, onde ficava o Cine Alhambra. Vamos cobrar providências da prefeitura...
 
nilza caruso em 02/06/2012 10:15:14
Agora é esperar a prefeitura fazer a parte dela. Principalmente a rede elétrica subterrânea.
 
Tino Sant'Ana em 02/06/2012 09:28:58
Isso não é um processo inedito, já se fez em varias cidades pelo mundo, o que pode ser diferente eo resultado que vai depender das partes envolvidas.
 
Sivio Cury em 02/06/2012 07:03:04
Parabens Prefeito Nelson Trad pela cobrança, agora sim temos uma cidade sem poluição visual. E aos proprietários dos prédios gastem um pouco do dinheiro que arrecada com a população e de um trato na fachada restaurando há, um forte abraço a todos.
 
Fernando Lins em 02/06/2012 05:56:08
TEM QUE MODERNIZAR QUEM VIVE DE PASSADO É MUSEU
 
CLAUDINEI BRAZ em 01/06/2012 11:09:35
O PREFEITO NELSINHO TRAD DEVERIA OLHAR E VER QUE COISA FEIO FICOU A NOSSA CAPITAL. EM VEZ DE SE PREOCUPAR COM O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM OS POSTOS DE SAUDE QUE ESTÃO AS BARATAS SEM PROFISSIONAIS MEDICOS PARA ATENDER A POPULAÇÃO.
E A RUA DAS BANDEIRAS, VOCÊS JÁ VIRAM COMO ELA ESTÁ, AQUILO NÃO SÃO BURACOS NO ASFALTO, E SIM ASFALTO DENTRO DE BURACOS. TÁ FEIO D MAIS
E AINDA RECEBE PAGAMENTO POR ISSO
 
MESSIAS CAMPOS em 01/06/2012 10:04:45
Parabéns ao Campo Grande News pela belíssima matéria! Campo Grande está crescendo só pelas beiradas, o centro da cidade precisa de uma atenção dos nossos governantes, principalmente com a arquitetura, que conta a nossa historia. Peço que leiam essa matéria sobre os cinemas antigos da nossa cidade
http://sargentofreitas.blogspot.com.br/2012/06/descaso-com-historia-do-cinema-em-campo.html
 
Sidnei Garcia de Freitas em 01/06/2012 09:49:11
E Valdir Villa Nova, vou lhe atualizar: Não! Nada mais terá fachada. Cairam os disfarces! Está tudo proibido, e os comerciantes, a partir da semana que vem, só poderão anunciar os nomes de suas lojas por megafones, gritando de dentro ou de frente das lojas, para ajudar achar o endereço. E a prefeitura irá passar uma mão de cal nas fachadas, para ficar mais auspicioso, porque branco é positivo.
 
Maura Amorim em 01/06/2012 09:03:46
Povo apressado, levaram 100 anos para emporcalhar de cartazes e propagandas a rua 14 , deixando a cidade horrorosa , agora nao querem esperar limpar as fachadas. É claro que precisa tirar as fachadas pra depois limpar e pintar...
Prefiro campo grande com com uma cara interiorana do que UMA CARA POLUIDA DE CARTAZES COMO A CIDADE DE SÃO PAULO É!
 
Celia Lima em 01/06/2012 09:02:26
É, Luciano Silgueiros. Talvez, considerando a predominância de pessoas como você, melhor seria se o passado ficasse mesmo no museu, pois lá estariam para prestigiá-lo aqueles que o respeitam. Que estariam ali para aprender com ele. Mas foi bom ter sido tão sincero. Deixou claro uma das principais razões pelas quais vivemos tão grande alienação no HOJE: a falta de respeito pelo ONTEM.
 
Maura Amorim em 01/06/2012 08:58:34
Creio que a retirada das fachadas é apenas o início do processo. É preciso ter um pouquinho de paciência. Quando reformamos nossas casas também passamos por situação semelhante. O que importa é o resultado final e pelo projeto, ficará muito mais bonito. O problema é que, segundo os jornais da cidade, é que os comerciantes não receberam nenhum incentivo da prefeitura para adequar as fachadas.
 
Silvia Biezon em 01/06/2012 08:17:33
O melhor seria que os fios de redes (eletrica e telefonica) fossem subterraneas, as fachadas limpas e padronizadas na questão do tamanho, tivessem lixeiras de separação
sustentável, punição para quem sujasse as calçadas e ruas com residuos diversos... Enfim, muitas coisas,mas a prefeitura o governo poderiam incentivar isso com descontos nos impostos, ou projetos inciados pelo poder público :)
 
Paula Hernandes em 01/06/2012 05:47:37
Para mim, são poucas as fachadas que valem a pena ser conservadas por motivo histórico. A maioria, mesmo depois de recuperada, vai se mostrar muito simplórias e sem nenhum apelo arquitetônico que valha a pena conservar. Meu avô construiu um prédio no centro, há mais de 60 anos, mas nem por isso acho que vale a pena conservar o que não for realmente representativo de uma época.
 
Mário Katayama em 01/06/2012 05:36:09
Concordo com a maioria dos comentários, também acho que ficou ainda mais feio sem as fachadas, mas acredito que se forem dados certos retoques básicos como ex: uma pintura ficará legal, agora essa de retirada dos toldos não concordei e quando chover as pessoas vão ficar aonde, heim, mentes brilhantes da prefeitura?????????E essa fiação horrorizante o que vão fazer, paresse aquelas ganbiarras do RJ
 
jose carlos em 01/06/2012 05:02:02
EHHHH VALDIR VILlA NOVA, se intera do assunto. meu.
 
JOSE GERALDO em 01/06/2012 04:48:17
Luciano Silgueiros: existe uma frase que diz que quem não respeita seu passado, não entende seu futuro. Pense nisso.
 
Gabriel Lourenço em 01/06/2012 04:39:21
Com a retirada dos estacionamentos e com essa "bagunça" que estão as fachadas, o movimento do centro despencou... Quem que vai querer comprar em um lugar quente(sem toldos) feio e sem estacionamento?? A prefeitura esta acabando com o comercio central.
 
Alexandre Cavalcante em 01/06/2012 04:32:59
Em pleno século XXI, Campo Grande com cara de interior impressionane...
Lugar de coisa antiga é no museu!!!
 
Luciano Silgueiros em 01/06/2012 04:10:18
E essa fiação dos postes, será que vai ser subterrânea ou irá continuar poluindo o visual da cidade? Quem consegue tirar uma foto do Obelisco sem que apareçam a fiação dos postes? Coisa horrível essa poluição.
 
Bruno Nodes em 01/06/2012 03:34:32
Acho que vai ser bom colocarem fachadas mais modernas e bonitas, estava muito feio mesmo agora ficará melho, mas sou contra a retirada dos toldos, que agora ficara muito quente no centro. Vale mais a pena ir ao shopping que tem ar-condicionado, além de não ter trânsito, e conseguimos estacionar.
 
Juarez Goncalves em 01/06/2012 03:34:25
VALDIR VILLA NOVA , qual é seu problema ??? Tiraram as fachadas por que irão colocar outras mais modernas, padronizadas!! Procure se interar do assunto que deseja comentar. Você nem sabe do projeto e acha que a prefeitura obrigou tirarem a fachada a toa ?
 
Adriano Maciel em 01/06/2012 03:19:00
A maioria dos imóveis do centro são antigos e mal cuidados. Os comerciantes disfarçavam tudo isto colocando painéis, fachadas, toldos, etc. Agora com a retirada destes disfarces, os imóveis mostraram suas caras. E ficou tudo muito feio.
A Prefeitura vai ter que mudar este visual negativo. Ou será que a Prefeitura vai autorizar os comerciantes recolocarem as fachadas ? Assim não pode ficar.
 
VALDIR VILLA NOVA em 01/06/2012 03:10:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions