A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/06/2013 18:15

Semadur barra ambulantes que há anos montavam trailers na Ceará

Viviane Oliveira
Paulo diz que não ocupa apenas o canto da calçada, deixando livre a passagem dos pedestres. (Foto: Pedro Peralta)Paulo diz que não ocupa apenas o canto da calçada, deixando livre a passagem dos pedestres. (Foto: Pedro Peralta)
Fiscais da Semadur no local com os dois comerciantes, Paulo (de camiseta rosa) e Edson.(Foto: Pedro Peralta)Fiscais da Semadur no local com os dois comerciantes, Paulo (de camiseta rosa) e Edson.(Foto: Pedro Peralta)

Seis fiscais da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) começaram a barrar a partir desta segunda-feira (10) os vendedores ambulantes que trabalhavam em frente a Uniderp/Anhanguera, na avenida Ceará, em Campo Grande.

De acordo com os funcionários da Prefeitura, os vendedores foram notificados na semana passada para que regularizassem a situação. Como não houve acordo, se os vendedores forem flagrados no local novamente terão a mercadoria apreendia e serão multados.

Chateado com a situação, Edson Vitor Martins de Oliveira, 40 anos, dono de um trailer no local há 11 anos, afirma que já procurou a Prefeitura para regularizar a situação, mas até agora não conseguiu resolver.

“Eu trabalho aqui com a minha esposa e meus filhos. Não quero brigar e nem ser um fora da lei, apenas quero vender o meu produto e tirar daqui o sustento da minha família”, diz, acrescentando que hoje, por exemplo, vai deixar de ganhar livre R$ 200.

A outra reclamação é de Paulo Botelho, de 44 anos, que vende cachorro quente há 18 anos em frente da universidade. “Eles falam para a gente procurar a Prefeitura, mas lá não tem como negociar. Eles querem que a gente arrume outro ponto”, reclama, dizendo que por noite vende no mínimo 70 lanches no local.

Segundo Paulo, que vende o cachorro quente em uma Tawner, chegou a construir uma rampa para uma acadêmica cadeirante. “A moça descia do ônibus e não havia nehuma rampa de acesso no local. Agora a Prefeitura está preocupada com acessibilidade?”, questiona.

Ele acrecenta dizendo que não bloqueia a passagem de pedestres, pois a mini-van com as cadeiras ficam no canto da calçada. Ainda conforme os vendedores, as alunas ficam nos trailers esperando o ônibus passar, porque é mais seguro. 

De acordo com o Decreto n°11.090 de 2010, que regulamentou a Lei 2.909/1992, as calçadas devem ter uma faixa livre e desimpedida de obstáculos para o trânsito de pedestres e uma faixa de serviço, destinada à implantação do chamado mobiliário urbano, como pontos de ônibus, táxis e outros.

A medida prevê que, pelo menos na teoria, o pedestre possa contar com pelo menos 1,5 metros para a passagem. Mas na prática, a medida acaba desrespeitada por quem precisa do espaço público para trabalhar.

Em abril, o Campo Grande News denunciou a ocupação irregular das calçadas na região da universidade.

Homem tem picape roubada em conveniência no Bairro Universitário
Homem de 27 anos teve a picape roubada em uma conveniência, por volta das 23h de ontem (14), na Avenida Guaicurus, no Bairro Universitário, região su...
Homem é agredido e sofre afundamento de crânio na Júlio de Castilho
Márcio Ferreira dos Santos, 31 anos, foi agredido e sofreu afundamento de crânio, na noite de ontem (13), na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Gra...


Gente, a cada dia que passa desacredito mais no futuro do Brasil. Um país que cria leis a favor dos bandidos, que esta formando bandidos dentro das escolas, que cuida muito bem dos bandidos dentro dos presídios e ainda pune pessoas honestas que estão trabalhando e fornecendo lanche com preço acessível aos estudantes.
Políticos do Nosso Brasil, onde isso vai parar?
 
Letícia Marques em 12/06/2013 17:35:38
Tiraram os ambulantes de lá, que não atrapalhavam em nada e nem ninguém onde os acadêmicos até gostavam do "ponto de encontro", porém nos terminais que esta parecendo uma verdadeira FEIRA eles não tomam providencias !
 
Larissa Marinho Moreira em 12/06/2013 17:28:31
Jaisilana Carvalho, só acho que você não percebeu uma coisa: O lanche lá de dentro é mais caro porque o comerciante de lá paga aluguel, impostos diversos, seu funcionário é legalizado, sofre fiscalizações dos mais variados tipos E TEM QUE ENFRENTAR A DESLEAL CONCORRÊNCIA DOS AMBULANTES. Não podemos pensar apenas em nós mesmos quando fazemos algo, o dono da cantina interna tem um trabalho tão honesto como aquele que trabalha do lado de fora.
 
Gustavo Ribeiro em 12/06/2013 16:50:18
Interessante, todo mundo fala assim: "Tem coisa mais importante para se fiscalizar". O problema é que TUDO acaba sendo considerado menos importante. Na verdade as pessoas não querem é ter seus interesses PESSOAIS atacados, o resto não importa.
 
João Dias em 12/06/2013 16:40:43
Absurdo o que acontece no nosso país, onde pessoas que estão buscando uma maneira digna de se sustentar são barrados. São pessoas honestas, trabalhadoras que podiam estar fazendo qualquer outro tipo de atividade ilícita, mas estão apenas buscando seu ganha pão.
Eu como aluno afirmo que não há nenhum problema com o cachorro-quente, nós conseguimos transitar facilmente pela calçada. ESTAMOS TODOS TRISTES COM ESSA DECISÃO.
 
Daniel Montessi em 12/06/2013 15:32:20
Prefeitura de Campo Grande está uma bela de uma porcaria, o que tem que fazer não fazem, vão fazer algo que beneficie a população!! Prefeito Bernal, acho melhor você pedir pra sair já que não consegue administrar uma cidade, não estudo na Uniderp, nas passo todos os dias em frente e sempre está cheio de pessoas ali comendo lanches, em relação a acessibilidade é tranquilo, não atrapalha em nada. Deixa o povo trabalhar!!!
 
Wilber Freitas em 12/06/2013 11:08:43
Nossa, de verdade admiro quem apoia a SEMADUR e o atual prefeito BERNAL, essas pessoas são trabalhadoras, e estão ai pra ter o sustento da família, sou estudante da uniderp, não moro em Campo Grande, e eu sempre fico no trailer esperando meu ônibus passa, que por sinal só depois das 23hrs, onde no ponto ficam pouquíssimas pessoas, e o perigo com o trailer fechado, o pessoal da semadur não vai querer ficar com nós ali até que venha o onibus, e em questão da prefeitura, realmente ta um transtorno aquilo, ta desorganizado, sei pq minha mae ta tentando resolve um negócio dela a dias, e até agora nada!! tem que pensar nos vendedores e tbm nos alunos de fora. e o BERNAL ?! só manda, não ta fazendo porcaria nenhuma em CG, e que tirar o sustento dos trabalhadores?! Campo Grande, está cada vz pior!
 
Simone Costa em 12/06/2013 09:22:27
ESSE PAIS E UM LIXO, O POVO TA LA A MAIS DE 18 ANOS PQ SO AGORA QUE ELES ESTÃO INCOMODANDO? O POVO QUE TRABALHA LA NÃO ATRAPALHA NINGUÉM PELO CONTRARIO ILUMINA AS CALCADAS QUE SÃO ESCURAS ACHO QUE DEVERIA USAR O BOM SENSO NO CASO DESSES TRABALHADORES
 
roger santos em 11/06/2013 22:11:30
Boa noite pessoal venho através do meu comentário agradecer a vcs que estão nos ajudando deixando aqui os seus comentários em nosso favor, pois trabalho em uma dessas lanchonetes, estou ali a 11 anos e nunca tivemos uma reclamação dos nossos lanches tudo é feito seguindo as normas de higiene exigidas as denuncias estão vindo de dentro da faculdade pelos donos das cantinas que não oferecem para seus clientes produtos de qualidade alegando que nós não estamos de acordo com a lei da cantina saudável. Agora eu pergunto é saudável servir um salgado de cedo para quem estuda a noite e outras coisas de má qualidade? Fica aqui a minha indignação nós só queremos trabalhar.
 
patricia kuhnen em 11/06/2013 21:34:03
Sr. prefeito para com isso deixem as pessoas trabalharem, muitos alunos que moram fora vem pra faculdade de ônibus e ali param para fazer um lanche ou comer um espetinho, vamos cuidar de coisas mais importantes na prefeitura e deixe as pessoas trabalharem....
 
james mauricio duque em 11/06/2013 17:59:34
Isso é um absurdo!!! O cachorro quente que praticamente todos os alunos gostam, é até um ponto de encontro na hora dos intervalos, saídas e entradas. Porque não vão fiscalizar coisas mais relevantes pra sociedade? Passei 5 anos ali, e nunca me senti incomodada com o trailler na calçada! Prefeito Bernal, o senhor que tanto foi aclamado pelo povo, faça alguma coisa por esses vendedores ambulantes! ESTAMOS DEIXANDO VOCÊ TRABALHAR...mas pelo jeito você não gosta muito disso!
 
Jéssika Orsi em 11/06/2013 16:37:59
A maioria reclama do prefeito, que ele está sendo ruim demais com os "comerciantes".

Em primeiro lugar, atrapalha à acessibilidade das pessoas, e principalmente de algum cadeirante que precise passar pelo local. ( isso já é suficiente para a retirada )

Segundo, Se estão ali há mais de 18 anos, foi culpa da administração anterior.

Terceiro, eles precisam pagar impostos como os demais fazem.

Quarto, se em outros lugares acontece o mesmo, a população precisa denunciar.

Quinto, o difícil é denunciarem, porque nosso país é o país do jeitinho.

 
Marcos Silva em 11/06/2013 16:11:35
Queria ver eles tirarem as barracas do jogo do bicho que estão espalhadas em ruas, praças, canteiros da cidade!!! Também estão todas irregular. Cadê o plano de urbanização serve para apenas alguns gatos pingados? e o restante? Tenho certeza que não existem alunos dali que aprovem essa iniciativa.
 
Guilherme Luiz em 11/06/2013 15:31:34
Com certeza deve haver algum interesse obscuro nisso tudo, retirar do local trabalhadores que por muito tempo sempre estiveram lá e sustentam suas famílias e até geram trabalho é no mínimo suspeito, quando assim querem privilegiar algum conhecido, acho sim que deve haver uma fiscalização sobre os produtos, o uso adequado do espaço, mas simplesmente retirá-los é inadmissível, teriam que se preocupar também com os terminais de ônibus que novamente estão abarrotados de ambulantes.
 
Flavio Gazzzaneo em 11/06/2013 15:22:19
Um salve a paz a paz mundial. E que todas as pessoas tenham o direito de ganhar seu sustento de forma honesta sem que a prefeitura feita pelas pessoas os tratem como uma foca.

Obrigado.
 
Guilherme Porfirio em 11/06/2013 15:13:46
Não acredito, adoro o cachorro quente e espetinho dos tios. Isso é um absurdo, eles não estão roubando nada, muito pelo contrario. Tanta coisa mais importante para ser fiscalizados, acessibilidade aonde? eles não atrapalham em nada, tantas calçadas de campo grande com falta de estrutura , falta de acessibilidade e vocês barrando quem quer trabalhar, esse é CAMPO GRANDE mesmo.
 
Gabriella Lima em 11/06/2013 15:13:25
Enquanto isso somos obrigados a pagar quase 6 reais em salgados dentro da UNIDERP. Que lixo cara, sem contar que são unicos, os mesmos preços, ou seja, lá dentro nao temos para onde fugir, nossa saída eram ou o espeto ou o cachorr quente delicioso. Enfim, Semadur, qual será a solução?
 
Andre Luiz Oliveira dos Santos em 11/06/2013 15:10:42
E O BERNAL???........kkkkkkkk garanto que esses trabalhadores que estão sendo impedidos de trabalhar, votaram nele!!! Queriam mudança, queriam o homem de fala mansa... taí... o senhor prefeito representa o povo que votou na paralização da cidade, na sujeira da cidade, no calote, no impedimento do trabalho, na burocratização na liberação de obras, até os pipoqueiros ele quis impedir de trabalhar!!!!! #toma
 
Lene Pereira em 11/06/2013 14:25:14
o povo não queria mudança?tá aí a mudança.queria algo novo, diferente. esse governo e uma vergonha. o Bernal deve amar muito o Nelsinho, por que além de não fazer nada, ele fica desenterrando difundo com o objetivo de atingi-lo politicamente. VAI TRABALHAR .O POÇO DAS VAIDADE.
 
luzia duarte em 11/06/2013 14:07:40
isso tudo graças ao CAMPO GRANDE NEWS que foi lá 'fiscalizar'
pq ate então os 'tios' do cachorro quente e o do espetinho estavam bem e tranquilos fazendo seu trabalho digno e honesto, sem incomodar ninguem!!!!!!
 
Letícia Moura em 11/06/2013 13:50:47
É ridículo, acadêmicos que saem dos seus trabalhos direto para a faculdade em busca de um bom futuro agora não tem a opção de fazer uma refeição/lanche antes da aula????
 
Marta Tomaz em 11/06/2013 13:32:47
Bom ai o cara não tem como sustentar a família. e vira o que, vai roubar sequestrar o prefeito pra arrumar dinheiro para sua família comer?????????? não da né........
 
joao m de souza em 11/06/2013 13:30:09
Deviam barrar é aquele picadinho lanches na Ceara também, que um monte de carro fica estacionado em plena Ceara atrapalhando carros que passam por ali e tem que desviar dos folgados!!!!
 
Fernanda azambuja lemos em 11/06/2013 13:15:21
Eu não acredito, saio da minha casa há anos só para comer o cachorro quente desse pessoal, que por sinal é maravilhoso.
 
Natallia Carvalho em 11/06/2013 12:58:43
Agora eu pergunto: Matar, Roubar, estuprar tudo isso pode.. agora ganhar um dinheiro trabalhando ralando, nao pode... Ta que nem essas pessoas preconceituosas matar roubar pode.. mas gostar da pessoa do messo sexo nao... esse mundo cada vez mais perdido..ai se vc rouba o que eles te falam...
 
jayni giro em 11/06/2013 12:49:10
Ha ta brincando? Há anos estão por lá e nunca atrapalharam em nada! a gente sai da facul só pra comer um espetinho ou um cachorro quente dos bons! afs
 
Carla Ferreira em 11/06/2013 12:32:28
NÃO MUDOU EM NADA A ADMINISTRAÇÃO , PRESTEM ATENÇÃO ATÉ OS EMPREITEIROS CONTINUAM OS MESMOS , SIMPLESMENTE TROCARAM OS NOMES DAS EMPRESAS , CONTINUA NA MESMA,,,,,SRS. DEIXEM OS PAIS DE FAMILIA SUSTAREM OS SEUS,,, SE NÃO DAQUI APOUCO TEM QUE DAR UM BOLSA SANDUBA PRA ELES............KKKKKKKKKKKKKKKKK
 
SERGIO ROBERTO em 11/06/2013 12:23:16
ninguém pensa nos estudantes que trabalhão o dia inteiro e vAi pra facul sem come E Q graças a esses trabalhadores CONSEGUEM COMER POR UM PREÇO ACESSÍVEL . cara vai ocupa o tempo de vcis com outra coisa , eles estão trabalhando e outra pq agora? eles já estão a tanto tempo . affe cada coisa . Bernal realmente vc vai ser o prefeito mais odiado que campo grande ja teve .
 
maikelly soares serpa em 11/06/2013 12:13:43
É um absurdo isso,pois não moro em C.G,e o ônibus da minha cidade é um dos ultimos a passar pela Uniderp,11 horas da noite e ainda estamos la,é só nós e o pessoal que trabalha na lanchonete,o lugar não tem segurança e sem esses lugares a situação ficara pior,prq em vez de pensar em barrar pessoas que estão ali buscando seu sustento de forma digna esse prefeitinho sem noção não procura melhorar a segurança no local,vai esperar oq,matarem alguem..só pode né..vai entender,e realmente os lanches de dentro da faculdade tem o custo bem maior do que o dos ambulantes,e que eu saiba ainda não foi feito um vale alimentação para universitários...só acho
 
Jaisilana Carvalho em 11/06/2013 11:59:47
Engraçado, quem trabalha de maneira honesta, digna, tratando a todo mundo bem, é obrigado a deixar de fazer o que gosta por conta de uma denúncia, por um acaso chegaram a ouvir os acadêmicos a Universidade, para saber o que eles acham, tenho certeza 99% dos acadêmicos vão achar ruim, se realmente não tivermos mais o "tiozinho do Cachorro Quente" e o saboroso "Espetinho".
 
Ricardo Pompeo Frantz (Acadêmico) em 11/06/2013 11:22:13
Vixi.. quando eu disse que o Bernal iria acabar com a nossa Capital ninguém me deu crédito. Olha ai os resultados.
 
Thamirys Padilha em 11/06/2013 11:16:36
livre acesso nas calçadas é isso,o que eles dizem a respeito de floriculturas que ocupam os espaços das calçadas onde deveriam estar livres,um exemplo não muito longe dali,é uma localizada, na Antonio Maria Coelho com Via Parque, passem por lá e verifiquem, já que eles querem mostrar serviço, citei este exemplo porque é o que me lembrei no momento, sem querer prejudica-los.
 
gilso ferreira em 11/06/2013 10:46:22
Sr. Bernal, quando era radialista, assistia seu programa e admirava-o muito pelo carinho com os mais humildes e os devotos de Nossa Senhora Aparecida. As preces, as orações que fazia no seu programa, será que agora foram esquecidas? Será que Nossa Senhora está contente com suas atitudes? Deixa os trabalhadores sossegados, ganharem seu sustento com dignidade, sustentarem suas famílias de maneira honesta.

Obs: Apenas um desabafo de uma devota extremamente indignada com suas atitudes.
 
Vera Lucia Botelho em 11/06/2013 10:13:43
Concordo com a Fiscalização, mas tem que ser para todos, tem lugar que nós pedestres temos que arriscar a vida , disputando com os carros , porque as calçadas esta tomada por vendedores, é horrível, um exemplo é na frente do Posto 24 horas do Coronel Antonino, Rua Dr. Meirelles.
 
Ari Ferreira em 11/06/2013 10:09:35
Viu.... foram votar no radialista, deu nisso! O cara só tem blá, blá, blá... compromisso com o povo que é bom: nadaaaaaaaa! Agora aguentem as consequências!
Esse prefeito é uma aberração. SENHOR BERNAL, O SENHOR NÃO ME REPRESENTA!!!
 
Carol Oliver em 11/06/2013 09:35:21
Bom dar uma chegada, também, na esquina das Ruas Ceará e Amazonas, onde ambulantes se instalam principalmente no período matutino.
 
EDSON TROMBINE LEITE em 11/06/2013 08:59:09
Correto o senhor prefeito. A lei está ai para ser cumprida! E outra, uma cadeirante não consegue passar pela calçada onde há o cachorro quente, tampouco, onde tem espeto!
 
TIAGO AMARAL em 11/06/2013 08:57:17
falta de não ter o que fazeer .. deixa os rapazes trabalhar em paz...
 
herique marques silva em 11/06/2013 08:40:18
A calçada na av Ceará é muito curta os trabalhadores precisam de um espaço mas é um perigo a forma que o pedestre precisa transitar na rua movimentada.

Adianta cuidar do pedestre na faixa mas não tem calçada para andar.
 
Juarez de Souza em 11/06/2013 08:35:56
A lei é para todos! A questão da fiscalização em acessibilidade é papel da prefeitura, não tem que haver nem choro e nem vela. A prefeitura notifica, mas quem tem responsabilidade de construir a rampa de acesso é o dono do terreno. Ocupar calçada para uso particular (comércio) infringe a legislação municipal. Não há do que reclamar, a prefeitura está fazendo certo.

Agora, outra coisa que é fato, mas que a matéria não abordou é a irregularidade desses comerciantes. Há milhares de comerciantes regularizados na cidade, há inclusive uma política de formalização de microempreendedores. Por que que a prefeitura tem que ser condescendente só com uns poucos? Por que este favoritismo? Repito: a lei é para todos!
 
Fernando Martinez em 11/06/2013 08:27:28
A SEMADUR deveria procurar uma forma de legalizar esta situação, uma vez que as pessoas estão ali para faturar seu ganha pão. Estão trabalhando de forma honesta...
é uma sacanagem isso que eles fazem... EU acho!
 
Ana Paula França em 11/06/2013 08:24:45
Acho isso ridículo... ele ta roubando? acho que não né, pois é, ele está trabalhando enquanto o Bernal ta olhando facebook... acho que tem algo mais importante para se preocuparem do que com pessoas que estão trabalhando para garantir o sustento de sua família.
 
Viviane Araujo em 11/06/2013 08:24:24
Engraçado a SEMADUR, olhe a realidade de cada pessoa, no entanto pessoas honesta querendo ganhar seu dinheiro e vocês barrando, ao mesmo ajudando estudantes a se alimentar quando o que resta é contar moedas, vocês precisam analisar o fato social de cada individuo, sera que todos que estudam tem dinheiro para comer na lanchonete da faculdade onde as coisas são absurdas de caras .
 
Ellen karine em 11/06/2013 08:22:28
Entendo que há a lei e ela deve ser cumprida, mas é vergonhoso ver com que a prefeitura se preocupa, quando há tanto a melhorar na área da saúde, educação, segurança, transporte público, entre outros. Considerando o espaço que os ambulantes utilizam, e considerando ainda que, nesta reportagem, não foi citado em nenhum momento que a reclamação partiu da universidade ou dos seus alunos é sem "fundamento" (deixo entre aspas, pois existe a lei) que haja esse tipo de proibição.
 
Luis Oliveira em 11/06/2013 08:21:19
Porque não vão fiscalizar o que acontece noite no centro da cidade, furtos, arrombamento de lojas, consumo de drogas, etc, etc, e vão incomodar quem esta trabalhando, ganhando o
sustento da família de forma honesta..
 
Joao Ximenes em 11/06/2013 08:05:09
No meu parecer, acho que a prefeitura teria outras coisas para se preocupar, como aqueles homem que ficam na frente da faculdade cobrando pedágio,onde deixamos nossas motos e carros, bom se apenas cobrassem para quem quisessem tava legal, mas tenta estacionar ali sem pagar, fora aquelas faixas que é colocada para marcar o local.
 
Regiane Dutra em 11/06/2013 08:02:43
quem mandou votar no bernal. isso é só o começo
 
andrezaogomes@hotmail.com em 11/06/2013 08:00:34
ja tava na hora
chega desse povo
 
julio junior em 11/06/2013 08:00:16
Deixa o povo trabalhar!!!! Vão procurar outros problemas mais sérios e urgentes para melhorar a cidade que está abandonado.
 
Marcílio dos Reis em 11/06/2013 07:58:54
Tem carroças em cima de calçadas por todo o canto, é raspadinha, tele-sena, bicho, doce , etc.... todos precisam trabalhar, a questão é definir espaço correto de cada um.
 
Suzi da Costa em 11/06/2013 07:52:08
No serviço público os melhores são os incapazes. Pode ser qual partido for, no serviço público se o cara quiser fazer, produzir e rersolver, é tirado fora.
 
luiz alves em 11/06/2013 07:45:50
Esses comerciantes parecem que vivem em outro país? Não aprenderam que no Brasil se pagar você pode tudo? Ainda que esteja atrapalhando a passagem dos pedestres se tiver uma licença, aí pode. Tudo nesse país é assim taxa daqui, imposto dali, licença pra cá, licença pra lá e não é de hoje, tem que pagar. Ainda que errado PAGANDO você consegue tudo.
 
Luis Carlos Espíndola em 11/06/2013 07:27:36
Bom dia a todos , acho ridícula essa atuação da prefeitura de Campo Grande ( BERNAL) o pessoal apenas esta trabalhando e não roubando, dando trabalho a policia... infelizmente votei nesse cidadão, mas tenho certeza que ele não ganhará nem para presidente de bairro!!!
 
CELIO SILVA em 11/06/2013 06:31:45
gostaria de comentar, tem tantos trailer de lanches fixo em praças públicas porque não retiram eles também, afinal é área pública, só um exemplo
em frente da Caixa Econômica Federal (Cel. Antonino tem um), na vila Planalto também
tem um (Canguru), porque a Prefeitura não libera essas praças ocupadas.
 
Sergio Borelli em 11/06/2013 03:58:36
O Bernal tem tanta coisa pra fazer e não faz....agora quer se incomodar com trabalha honestamente....espero que esses comerciantes não tenham votado nele...seria a maior decepção....
 
claudina gomes de aguiar em 10/06/2013 23:43:11
Deixa o povo trabalhar seu Bernal.
 
Ferreira Silva em 10/06/2013 23:29:14
Estão vendo ???
Olha só que falta de compreensão com o "nosso" internético" prefeito???
Quem disse que ele não faz nada ???
Aí faz sim:
ATRAPALHA QUEM QUER TRABALHAR !!!!
Esqueceram o slogam dele???
"As pessoas em primeiro lugar"!
Em primeiro lugar para impedir àqueles que que querem trabalhar, porque ele mesmo, à seis meses "paralisou" no cidade morena !!!
É isso aí, vamos aguentar mais três anos e seis meses ????
 
washington antenor de souza junior em 10/06/2013 23:02:48
Esse é a prefeitura do Bernal, pensando primeiro nas pessoas (nas pessoas erradas).
 
Leonardo Reis em 10/06/2013 22:16:46
Realmente, agora a noite estava escuro mesmo no ponto de ônibus e muito perigoso, tendo em vista que, a falta de segurança no local é muito mais preocupante, diversos alunos estão sendo assaltados inclusive em horário de entrada das aulas (19h)...com a movimentação dos ambulantes as pessoas não ficam tão isoladas.....outra questão também, é a falta de opção, pois muitos estudantes viajam diariamente para vir frequentar as aulas, outros veem direto do trabalho para a faculdade e comer ali é o que ameniza a fome até chegar em casa, sem contar que dentro da faculdade as opções são poucas, de qualidade não muito boa e preços altíssimos.....
 
michelli gomes francisco em 10/06/2013 22:14:31
Os senhores fiscais, precisam cobrar as "taxinhas" para pagar o lanche dos senhores vereadores. Gozado, quem quer trabalhar eles não deixam.
 
Marcos Figueiredo em 10/06/2013 21:34:18
Olha só a prefeitura querendo trabalhar...
Falta agora desocupar outras áreas públicas exploradas livremente na cidade, como o "Bifão da Coophasul" e o Canguru Lanches na vila Planalto, ambos funcionando livremente em praças públicas. Tem também um ponto de mototaxi e frente ao Shopping Norte Sul, onde construíram uma verdadeira casa bem em cima do canteiro central, na maior cara dura. Quero ver se a Semadur só vai mexer com os coitados de frente à Uniderp...
 
alexandre araujo em 10/06/2013 21:17:02
A prefeitura teria que se preocupar mais com o desvio de função e desperdício do dinheiro público. Barrar pequenos vendedores que sustentam suas famílias do dinheiro ganho nesta barracas.
Agora obstruir totalmente uma calçada, transformando ela numa lanchonete de fronte o posto de saúde 24 horas do Bairro Coronel Antonino, Isto pode..
 
jose luiz kreutz em 10/06/2013 21:13:43
Olha a mudança que o povo queria!!!

Eu to feliz!

Toma povo...
 
Marcelo Antunes em 10/06/2013 21:13:01
Por que o SEMADUR não multa o dono do terreno ai pq essa calçada esta irregular?? cade o piso táctil? cade a Grama na área de serviço? a preocupação e só com o cachorro quente que funciona só a noite? com a palavra os nobres FISCAIS DO SEMADUR......
 
Roger Brites em 10/06/2013 21:04:14
E como sempre " As pessoas em primeiro lugar " kkkkkkkkkkkkk mata-me de rir viu!!!
 
Marco Antonio em 10/06/2013 20:57:41
Deixa os caras ganharem o pão deles de cada dia de maneira digna o Prefeito, eles não ficam o dia inteiro no FACEBOOK, como o dileto Prefeito, articulando enguiço e atrasando a vida do Município, nem publicando pesquisas falsas de popularidade e aprovação!!!!
 
Gustavo Cesar Capilé Gonçalves em 10/06/2013 20:17:23
É como diz o velho ditado popular: SE ARREPENDIMENTO MATASSE, EU JÁ ESTARIA FEDENDO...
O PREFEITO, DEIXA O POVO TRABALHAR, JÁ QUE SEU LEMA É GENTE EM PRIMEIRO LUGAR.
 
Miguel Baracat em 10/06/2013 20:10:19
Boa Noite, estava demorando para a Prefeitura, mexer com este comerciantes, eles devem arrumar um local, mais adequado, pq não pagam imposto, e os comerciantes da região pagam impostos, aluguel, funcionários, e vcs não pagam nada , por isso , estão mexendo com vcs , eu já trabalhei deste jeito e sei que acontece desta maneira, comerciantes da região avaliam que estão se estabelecendo de maneira correta e vcs estão prejudicando, eles de certa forma .
 
Roger Frois em 10/06/2013 19:58:53
O que esses fiscais deveriam fazer, é fiscalizar as calçadas quebradas, cheias de mato, esburacadas... isso sim é fiscalizar, é exercer o fator fiscalização social.
 
Ed B. Dourado em 10/06/2013 19:57:40
Sejamos franco, esses rapazes estão ali apenas garantindo o sustento, de maneira justa, não está roubando ninguém, conheço o trabalho desses senhores e aprovo. Citarei um fato relevante para fiscalização: O transporte coletivo. Esses sim deveriam ser fiscalizados, pois em horários de "pico", TODOS OS ÔNIBUS estão SUPERLOTADOS, o que não deveria acontecer.
 
Johnny Cardozo em 10/06/2013 19:18:24
Sabemos que a Lei deve ser cumprida, mas nesse caso algo tem que ser feito a favor desses trabalhadores, por que são pessoas de bem que querem apenas trabalhar e ganhar o sustento da família honestamente, é um absurdo a Prefeitura não negociar com esses cidadãos.
 
Marithê Cogo em 10/06/2013 18:54:44
É um absurdo o que fizeram com esses trabalhadores. É como se não houvesse nada nesta cidade para a prefeitura melhorar. Eu me formei em 2000 e fiz diversas vezes refeições no trailer do Paulo.
 
Renato Rios em 10/06/2013 18:50:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions