A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/08/2015 15:06

Servidores em greve do judiciário pedem doações para retornar a Brasília

Flávia Lima
Servidores pressionam pela derrubada do veto da presidente Dilma Roussef. (Foto:Divulgação)Servidores pressionam pela derrubada do veto da presidente Dilma Roussef. (Foto:Divulgação)

Servidores do poder judiciário federal de Mato Grosso do Sul retornam a Brasília nesta quarta-feira (2) para participar de ato que visa pressionar o governo a conceder o aumento reivindicado pela categoria, que varia entre 53% a 78,56%.

Esta é a segunda vez neste mês que um grupo de servidores realiza caravana para participar das ações. O coordenador geral do Sindjufe (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e Ministério Público da União em Mato Grosso do Sul), Antônio César Amaral Medina, ressaltou que os sindicatos de todo o país estão realizando coleta de doações para custear as despesas das caravanas.

O objetivo da categoria é de derrubar o veto da presidente Dilma Roussef, que prevê o reajuste.

Em junho, o Senado aprovou o reajuste dos servidores do judiciário federal de acordo com o cargo, a ser pago em seis parcelas até 2017. O governo se posicionou contra o projeto porque, segundo o Ministério do Planejamento, os percentuais representariam aumento de R$ 25,7 bilhões em gastos nos próximos quatro anos.

Os servidores já se reuniram com o o presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB/AL) e cobraram a inclusão do veto ao PLC 28 na pauta da sessão, prevista para a próxima quarta-feira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions