ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Sesau encerra vacinação contra febre amarela com 47% de cobertura na zona rural

Por Lucas Junot | 31/03/2017 13:33

O serviço de imunização da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica (CCVE) da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) encerrou a campanha de vacinação contra a febre amarela na zona rural do município. O balanço da ação foi divulgado nesta sexta-feira (31).

Das 1616 pessoas existentes nas localidades trabalhadas, 766 já estavam com o calendário vacinal em dia. Esse número representa quase a metade dos consultados: 47,40%.
Ainda 24,20%, ou seja, 391 pessoas não puderam tomar a vacina, pois estavam impedidas.

Nestes casos, a população era na maioria idosa (acima de 60 anos) ou em tratamento quimioterápico ou radioterapia. Foram imunizadas 459 pessoas, o que representa 28,40% da população visitada.

Para a coordenadora da CVE, Mariah Barros, “a equipe trabalha todos os dias para alcançar as metas preconizadas pelo Ministério da Saúde e desta forma, atender a população apta para tomar a vacina”, disse ela.

De acordo com a Sesau, a vacina contra febre amarela é a medida mais importante para prevenção e controle da doença e apresenta eficácia de aproximadamente 95%, além de ser reconhecidamente eficaz e segura.

O esquema vacinal da febre amarela é de duas doses, tanto para adultos quanto para crianças que devem receber as vacinas aos nove meses e aos quatro anos de idade. Assim, a proteção está garantida para o resto da vida. Para quem não tomou as doses na infância, a orientação é de uma dose da vacina e outra de reforço, dez anos depois da primeira.

A vacinação está disponível em todas as unidades de saúde conforme o cronograma de vacinação que existe para aperfeiçoar o uso da vacina de febre amarela. Cada frasco contem 10 doses e quando aberto tem prazo de validade de 6 horas.

As pessoas interessadas em tomar a vacina podem procurar a unidade básica de saúde mais próxima para verificar a disponibilidade da vacina, em dia e horário estabelecido.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário