A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/06/2013 06:49

Sete pessoas são detidas durante manifestação em Campo Grande

Francisco Júnior e Paula Maciulevicius

Sete pessoas foram detidas durante a manifestação que tomou conta de ruas do centro de Campo Grande na noite de ontem (20). Entre os detidos encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro estão três adolescentes.

As prisões aconteceram no final da mobilização. O eletricista André Luiz Silva Costa, de 30 anos, foi preso suspeito de depredar a agência do banco Bradesco na Avenida Calógeras esquina com a Avenida Afonso Pena. Segundo a Polícia, o vândalo quebrou vidraças do prédio.

Conforme consta no Boletim de Ocorrência, os policiais encontraram o eletricista na Santa Casa recebendo atendimento médico, pois ao quebrar as vidraças com chutes acabou sofrendo ferimento na perna esquerda. Após ser receber curativo, ele foi encaminhado para a delegacia e atuado por dano qualificado contra o patrimônio púbico (crime com pena prevista de 3 meses a 6 anos), além de multa. O delegado plantonista, Wilton Vilas Boas, estipulou fiança de R$ 900, mas ainda não foi paga e o eletricista continua preso.

Os outros detidos foram três adolescentes, sendo dois de 16 anos e um 12, e mais três adultos que, segundo a Polícia, depredaram veículos estacionados próximo ao cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Ernesto Geisel e atearam fogo em lixeiras. O fato aconteceu por volta das 23h30. Eles foram flagrados por policiais militares.

Os adultos foram identificados como Joilson Nascimento da Fonseca, de 26 anos, Kelvin Douglas de Paula Hamana, de 22 anos, e Rafael Almeida da Silva, de 20 anos. Segundo o delegado, a PM apurou que o grupo teria danificado um Fusca e uma motocicleta, estacionados em frente a um condomínio. “ Eles negaram, mas confirmaram que atearam fogo nas lixeiras”, relatou Vilas Boas.

Como a Polícia não localizou os donos dos veículos, o grupo foi ouvido e liberado. “ É preciso que os proprietário procurem a delegacia para registrar a ocorrência”, explicou o delegado.



esses vândalos além de pagar fiança e os estragos que fizeram, devem fazer trabalho voluntariado, tem um monte de terreno baldio puro mato... coloquem eles pra limpar esses terrenos... assim vai diminuir os focos de dengue...
 
Dalva Santos em 21/06/2013 14:08:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions