A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/07/2016 14:22

Suspeita teria exibido arma em dois bares antes de matar jovem

Guilherme Henri, Luana Rodrigues e Mara Riveiros
Thamara Arguelho de Assis, 21, está foragida desde a terça-feira (19)Thamara Arguelho de Assis, 21, está foragida desde a terça-feira (19)

Mesmo grávida de dois meses, Thamara Arguelho de Assis, 21 anos, pode ter consumido bebidas alcoólicas, em dois bares antes de ter matado com três tiros Victoria Correia Mendonça, de 18 anos, na terça-feira (19), na Vila Popular, em Campo Grande.

A hipótese é apurada pela delegada que está à frente do caso, Rozeli Dolor, da 7ª Delegacia de Polícia, que revelou que supostamente nestes bares a suspeita ainda teria exibido a arma que cometeu o crime.

O Campo Grande News foi até os dois locais, que são conhecidos como o Bar do Luiz Formigão e Bar do Chico. Nos dois estabelecimentos, clientes e proprietários, que preferiram ter a identidade preservada, disseram que Thamara frequenta os bares, porém não foi vista nas últimas duas semanas e nem no dia em que cometeu o crime.

Thamara está grávida, de Weverton Silva Ayva, o “Boneco”, 28 anos, que é apontado pela polícia como o “pivô” da briga que terminou na morte de Victoria.

A suspeita continua foragida e ainda teria confessado a um mototaxista que a levou do local do crime, que matou Victoria. Segundo a delegada, Thamara chamou o mototáxi assim que chegou à casa da rival. Quando o mototaxista parou ao local, as duas ainda estavam discutindo.

Ele revelou à polícia que ficou um pouco distante, esperando e debruçou sobre a moto. “Ele afirma que não viu os disparos, mas ouviu os estampidos e logo em seguida Thamara foi até ele correndo, pedindo para sair dali”, contou Rozely.

Sem entender o que tinha acontecido, o profissional diz que arrancou com a moto. Thamara pediu para deixá-la em um endereço no bairro Portal Caiobá – na região sudoeste da Capital, mas no meio do caminho confessou ao mototaxista que tinha matado Victoria.

Segundo a polícia, ela também teria feito uma ligação à mãe, contando sobre a morte.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions