A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/10/2015 11:57

Tapa-buraco deve começar esta semana, mas motoristas ainda somam prejuízos

Flávia Lima e Caroline Maldonado
Mesmo sinalizado, buraco oferece riscos a motoristas. (Foto:Fernando Antunes)Mesmo sinalizado, buraco oferece riscos a motoristas. (Foto:Fernando Antunes)
Carlos Rezende critica postura de governantes  frente a proliferação de buracos na Capital (Foto:Fernando Antunes)Carlos Rezende critica postura de governantes frente a proliferação de buracos na Capital (Foto:Fernando Antunes)

Enquanto a prefeitura não retoma a operação tapa-buraco na Capital, motoristas continuam contabilizando prejuízos. Uma das vítimas mais recentes foi o comerciante Luciano Silva Borges, 36, que teve a roda do seu veículo quebrada quando um amigo, que havia emprestado seu carro, acabou passando sobre um buraco na Avenida Manoel da Costa Lima, no Aero Rancho.

O comerciante, que trabalha em um restaurante no local, precisou desembolsar R$ 50,00 para realizar o reparo e disse que não pretende acionar a Agetran (Agência Municipal de Trânsito). "Não vale a pena. A gente chama mas ninguém vem", reclama.

Ele conta que o buraco abriu há duas semanas e apenas semana passada a Agetran sinalizou o local com uma espécie de cone. mesmo assim ele põe em risco outros motoristas, já que ocupa parte da via. "Aqui em  frente também tem uma auto-escola e o pessoal reclama muito", diz.

O tapeceiro Carlos Rezende, 49, mora no Bairro Taquarussu, mas é cliente do restaurante localizado em frente ao buraco e aproveitou a reclamação para ressaltar que em seu bairro as vias também exigem atenção devido às crateras.

A principal, segundo ele, é a Avenida Bandeirantes, que está praticamente intrafegável, conforme relato do tapeceiro. "Fica complicado dirigir. Para mim, isso é falta de vergonha dos governantes. Também não me sinto motivado a reclamar", afirma.  

Na sexta-feira (9), o prefeito Alcides Bernal (PP) declarou que pediu ao MP (Ministério Público) fiscalizar o novo plano de tapa-buracos. Suspenso como forma de economia, por ser considerado menos essencial, o serviço deve ser retomado na próxima terça-feira (13).

Bernal também disse que o serviço será executado com equipes próprias da prefeitura e contratos antigos serão reaproveitados. A expectativa da prefeitura é de recuperar todas as vias em até 120 dias. 

 



Nossa cidade esta uma vergonha, ontem na costa e silva próximo a rodoviária não consegui sair de um dos buracos, pq tinham 2 juntos, e perdi um pneu novinho, quem paga meu prejuízo, já é difícil comprar pq é caro e por um desleixo da prefeitura temos esse tipo de prejuízo, faz favor prefeito, resolva logo essa situação, ou vai esperar morrer alguém?
 
Meire em 11/10/2015 21:17:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions