A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/10/2015 12:10

Bernal vai ao MPE buscar apoio para tapar buracos de ruas da Capital

Flávia Lima e Leonardo Rocha
Prefeito Alcides Bernal participa de reunião com entidades sociais na Esplanada Ferroviária. (Foto:Leonardo Rocha)Prefeito Alcides Bernal participa de reunião com entidades sociais na Esplanada Ferroviária. (Foto:Leonardo Rocha)

Durante reunião com entidades sociais na manhã desta terça-feira (6), na Esplanada Ferroviária, o prefeito Alcides Bernal (PP) afirmou que irá buscar apoio do MPE (Ministério Público Estadual) para encontrar uma saída emergencial que resolva o problema dos buracos nas vias da Capital.

"Quero conversar com os promotores e buscar uma solução que evite uma ação por improbidade administrativa no futuro", disse o prefeito.

A situação precária das vias e ruas de Campo Grande vem causando indignação da população que vem realizando protestos. Em alguns casos, o bom humor foi adotado através de pinturas com nomes de vereadores e frases irônicas, como “Cuidado. Socorro, me tampe”, escrita semana passada próximo a um buraco, na Rua 13 de Maio, no Centro da Capital.

Sem entrar em detalhes sobre qual seria essa saída emergencial, o prefeito limitou-se a dizer que vai buscar uma reunião com o promotor Alexandre Capiberibe, da 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público. "Quero explicar a realidade da cidade e pedir ajuda para encontrar uma solução", disse.

Já sobre sua visita a Brasília, nesta segunda-feira (5), Bernal explicou que foi ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), órgão do MEC (Ministério da Educação), tentar a recuperação de recursos destinados as obras de Cinf's (Centro de Educação Infantil) e escolas que estão paralisadas em Campo Grande.

O prefeito afirmou que conseguiu recuperar até 80% dos valores e que entrará em contato com a empresa Casa Alta, responsável pela construção de alguns Ceinf's para questionar se ela vai dar prosseguimento às obras, paralisadas pro falta de recursos. Caso a resposta seja negativa, Bernal ressaltou que vai abrir uma nova licitação. 

Ainda durante a reunião na Esplanada Ferroviária, o prefeito disse que, apesar da liminar no TRF (Tribunal Regional Federal), em São Paulo que garante ao município a exclusão do CADIN e a CRP (Certidão de Regularidade Previdenciária ), ainda há uma dívida que ele pretende judicializar para ser paga no futuro. "O objetivo é garantir o pagamento  dos servidores e fornecedores", disse Bernal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions