A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/08/2015 08:54

Terceira casa de envolvido em assassinato é queimada por vingança

Viviane Oliveira
A primeira casa incendiada no Santa Mônica foi um dia após o crime. (Foto: Marcos Ermínio) A primeira casa incendiada no Santa Mônica foi um dia após o crime. (Foto: Marcos Ermínio)

Mais uma casa de um dos adolescentes acusados de matar e incendiar o corpo de Marcos Vinícius de Oliveira, 20 anos, foi queimada. Dessa vez, foi um imóvel na Rua Cezar Augusto Teles, na Vila Popular, em Campo Grande. O caso aconteceu na madrugada de ontem (16).

Conforme boletim de ocorrência, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados porque a residência estava em chamas. No local não foi encontrado nenhum morador. À polícia, vizinhos relataram que havia três dias que ninguém aparecia na casa.

Ainda de acordo com relatos de vizinhos, o incêndio pode ser criminoso, porque no local morava um dos menores suspeito de matar Marcos Vinícius. O caso foi registrado como incêndio na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Esta é a terceira casa incendiada em retaliação ao crime. A primeira destruída pelo fogo foi na madrugada de quinta-feira (13), no Bosque Santa Mônica, a segunda foi sexta-feira (14), na Rua César Augusto Teles, no mesmo bairro. Até sexta-feira passada três adolescentes, um de 14 e dois de 15 anos, havia sido apreendidos.

O caso - O corpo da vítima foi encontrado carbonizado e com perfurações de faca, na entrada da Embrapa, saída para Terenos, em Campo Grande, no começo da tarde da última quarta-feira (12). A mãe de Marcos Vinícius registrou boletim de ocorrência na terça-feira (11) sobre o desaparecimento do filho, na 7º Delegacia de Polícia Civil. A partir daí, uma equipe do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil começou a trabalhar para chegar ao paradeiro dos autores.

Os policiais descobriram que uma menina atraiu a vítima até local, onde outros dois adolescentes os aguardavam para praticar o crime. A garota teria contado para um dos meninos, que é seu namorado, que Marcos teria tentado estuprá-la em certa ocasião. No local do crime então, um dos meninos deu uma gravata na vítima e o outro a esfaqueou. Logo depois, os três arrastaram o corpo até um matagal e posteriormente atearam fogo.

Três adolescentes são acusados de matar e queimar corpo de jovem
O corpo de um jovem de 20 anos foi encontrado carbonizado e com perfurações de faca, na entrada da Embrapa, saída para Terenos, em Campo Grande, no c...
Último mutirão da Funtrab na Capital em 2017 será realizado na sexta-feira
  Será realizada na sexta-feira (15), das 8h às 17h, a última ação de atendimento emergencial ao trabalhador da Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions