A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

13/08/2015 11:14

Jovem morreu ao impedir trio de usar bíblia para fumar maconha, diz família

Luana Rodrigues
Orizete de Oliveira, mãe do jovem morto (Foto: Marcos Ermínio)Orizete de Oliveira, mãe do jovem morto (Foto: Marcos Ermínio)

A família de Marcos Vinícius Oliveira, 20 anos, encontrado carbonizado e com perfurações de faca pelo corpo, na entrada da Embrapa, saída para Terenos, em Campo Grande, no começo da tarde de ontem (12), está inconformada. A mãe disse que não aceita a versão dos suspeitos de que o rapaz teria tentado estuprar a menina, e acredita que existem outros envolvidos no crime. Os três adolescentes suspeitos de terem cometido o crime, que tem entre 14 e 15 anos, haviam sido apreendidos ontem, no entanto, já foram liberados hoje (13) pela manhã.

Conforme Orizete de Oliveira, 42 anos, não havia rixa entre o filho dela e os adolescentes, o problema, segundo a mãe, é que os suspeitos "desrespeitavam a Deus e queriam fumar maconha com folhas da bíblia, o meu filho não aceitava isso e sempre brigava com eles", contou.

A mãe conta ainda que não acredita que o motivo da morte seja o que os adolescentes relataram, pois os suspeitos costumavam frequentar a casa dela, mas eram de um estilo diferente do filho. "Eles estavam direto aqui, iam em festas com meu filho, por isso conseguiram atrair ele", disse.

A família chegou a cogitar a possibilidade de os acusados terem atraído Marcos para um ritual satânico, já que costumavam falar nesses assuntos frequentemente. "Meu filho não era estuprador, não roubava e não mexia com ninguém, eu espero justiça porque foi algo muito macabro. A dor que eu estou sentindo ninguém vai curar, mas eu vou fazer eles pagarem", afirmou a mãe.

Orizete havia registrado um boletim de ocorrência na 7º Delegacia de Polícia Civil, na terça-feira (11), sobre o desaparecimento do filho. A partir daí, uma equipe do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil começou a trabalhar para chegar ao paradeiro dos autores.

Os policiais descobriram que uma menina teria atraído a vítima até local, onde outros dois adolescentes os aguardavam para praticar o crime. Conforme a versão dos adolescentes, a menor teria contado para um dos meninos, que é seu namorado, que Marcos teria tentado estuprá-la em certa ocasião.

No local do crime então, um dos meninos deu uma gravata na vítima e o outro a esfaqueou. Logo depois, os três arrastaram o corpo até um matagal e posteriormente atearam fogo.

Três adolescentes são acusados de matar e queimar corpo de jovem
O corpo de um jovem de 20 anos foi encontrado carbonizado e com perfurações de faca, na entrada da Embrapa, saída para Terenos, em Campo Grande, no c...
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions