A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/04/2011 18:18

TJ/MS mantém preso acusado de roubo e estupro na Capital

Nadyenka Castro

Decisão foi da 2ª Turma Criminal

Acusado foi preso pela Polícia Militar. (Foto: Ana Maria Assis/Arquivo)Acusado foi preso pela Polícia Militar. (Foto: Ana Maria Assis/Arquivo)

Decisão da 2ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul mantém preso Antônio Wanderley Rocha da Luz, acusado de roubo e estupro.

Ele teve o pedido de habeas corpus negado em caráter liminar e na última semana a 2ª Turma manteve Antônio na cadeia.

O réu é acusado de invadir uma chácara, render as pessoas que lá estavam, assaltar e estuprar uma gestante, em 23 de dezembro do ano passado, em Campo Grande.

Ele será interrogado pela Justiça no dia 4 de maio, a partir das 15h45min. Na mesma data o juiz Wilson Leite Corrêa, da 4ª Vara Criminal, também irá ouvir as vítimas e testemunhas de defesa e de acusação.

Antonio Wanderlei e um adolescente de 15 anos invadiram a chácara localizada no Jardim Itamaracá, renderam a família que estava no local e roubaram diversos aparelhos eletrônicos, uma televisão de LED recém-comprada, câmera filmadora, um revólver e uma caminhonete L-200.

A dupla ainda estuprou duas mulheres. O acusado a gestante e o adolescente a mulher que não estava grávida.

Antonio Wanderlei foi preso dois dias após ter cometido os crimes, na casa onde morava, em uma chácara próxima a das vítimas e confessou o roubo e o estupro.

Ele está preso em uma das celas do Instituto Penal de Campo Grande. Já o adolescente, que também confessou os crimes, foi colocado em liberdade por determinação judicial após ter ficado pouco mais de dois meses apreendidos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions