ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Tolerância zero contra a covid continua e força-tarefa volta às ruas hoje

Mais de 80 agentes voltam às ruas de hoje até o final de semana para fiscalizar medidas contra a covid

Por Paula Maciulevicius Brasil | 24/06/2021 09:35
Na primeira etapa da operação, 20 estabelecimentos foram interditados pela Vigilância Sanitária. (Foto: Divulgação)
Na primeira etapa da operação, 20 estabelecimentos foram interditados pela Vigilância Sanitária. (Foto: Divulgação)

Depois de prender 12 pessoas e fechar 20 estabelecimentos no último final de semana, a força-tarefa da Prefeitura Municipal de Campo Grande volta às ruas a partir de hoje. No esquema tolerância zero, a segunda etapa da operação agora chama "Fim de festa".

O objetivo é claro: acabar com toda e qualquer festa clandestina ou que desrespeite as medidas impostas por decreto para conter a pandemia da covid-19.

Serão mais de 80 agentes nas ruas, entre servidores da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Guarda Civil Metropolitana, Procon de Campo Grande, Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) e Vigilância Sanitária.

"A fiscalização impede o descumprimento ao decreto criado para minimizar os efeitos da Covid-19. Quando conseguimos barrar estas festas clandestinas e o desrespeito às regras, freamos a disseminação do vírus e não penalizamos as pessoas que cumprem o decreto", declarou o prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Operação também prendeu 12 pessoas e apreendeu bebidas e aparelhos de som. (Foto: Divulgação)
Operação também prendeu 12 pessoas e apreendeu bebidas e aparelhos de som. (Foto: Divulgação)

Na primeira fase da operação, em quatro dias de força-tarefa, agentes visitaram 1.166 estabelecimentos comerciais, notificando e interditando 20 por descumprirem o horário do toque de recolher.

A operação também acabou com cinco festas irregulares, realizadas sem autorização em salões ou espaços de locação. Outras 68 ocorrências aconteceram em residências com aglomerações ou festas.  No total, foram 1.182 abordagens e 12 prisões.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário