A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

12/05/2019 09:09

Três pessoas são presas ao tentarem levar carro no golpe do envelope vazio

Vendedor desconfiou da insistência do comprador de buscar carro e acionou PM; detento coordenava golpe, via celular

Silvia Frias
Segundo a Polícia Civil, os três foram presos em flagrante por estelionato e formação de quadrilha (Foto: Paulo Francis)Segundo a Polícia Civil, os três foram presos em flagrante por estelionato e formação de quadrilha (Foto: Paulo Francis)

Três pessoas foram presas pelo crime de estelionato, quando tentavam levar veículo após negociação fraudulenta, em que depositaram envelope vazio ao comprador. O flagrante aconteceu ontem, no Jardim Los Angeles, em Campo Grande.

O caso foi registrado na Depac Piratininga. A Polícia Militar havia recebido denúncia de uma mulher que negociou carro na OLX e o comprador, via WhatsApp, informou que havia feito depósito. Ao checar com gerente do banco, ela descobriu que o envelope estava vazio.

No dia seguinte, a equipe recebeu outra denúncia do mesmo teor. Um rapaz de 19 anos havia anunciado a venda do veículo em um site e recebeu ligação de homem que queria fechar negócio. O comprador disse que havia depositado R$ 6,5 mil em uma conta no Banco do Bradesco.

O rapaz estranhou a insistência do homem em ir até a casa dele para buscar veículo. Ontem, por volta das 12h, um casal chegou para levar o carro. A esposa do vendedor acionou a PM e relatou o fato, que conseguiu localizar o comprador.

O homem foi identificado como Rogério de Andrade Costa, 19 anos, e estava acompanhado de Maria Cecília da Silva, 25 anos. Ele disse que foi contratado, via celular, por um homem identificado apenas como Everton, detento do sistema prisional de Campo Grande.

O casal deveria levar o veículo para local que ainda seria confirmado pelo preso, mas que deveria encontrar uma mulher, Maria Atais de Lima 33 anos, em um campo de futebol no Jardim Colúmbia. Ela indicaria o local onde o carro seria guardado.

Segundo a Polícia Civil, os três foram presos em flagrante por estelionato e formação de quadrilha.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions