A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/08/2014 14:25

Tribunal de Justiça ainda não começou obras para adaptar shopping

Aline dos Santos
Shopping foi desapropriado em dezembro de 2013. (Foto: Marcos Ermínio)Shopping foi desapropriado em dezembro de 2013. (Foto: Marcos Ermínio)

As obras ainda nem começaram e o Juizado Central, que vai funcionar no Shopping 26 de Agosto, em Campo Grande, só deve abrir as portas no segundo semestre de 2015. Em dezembro do ano passado, o imóvel foi desapropriado pelo governo do Estado e o valor foi de R$ 38 milhões, custeado pelo Poder Judiciário.

Conforme a assessoria de imprensa do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a licitação dos projetos está em fase final, com previsão de término no fim de setembro. Só a partir de então é que será conhecido o custo da obra para adequação do prédio.

Em janeiro deste ano, o pedido de imissão provisória na posse tinha justificativas de que a área era de relevante interesse público e tinha urgente necessidade de utilização do local para viabilizar as instalações de órgãos que compõem a estrutura do Poder Judiciário, como Juizados Especiais, Núcleo de Solução de Conflitos e Escola Judicial.

Ainda conforme a assessoria, a economia anual com alugueis será de R$ 597.034,08, valor gasto em dois imóveis que são ocupados pelos juizados, Escola Judicial e Coordenadoria da Infância e Juventude. O shopping fica localizado entre as ruas 7 de Setembro, 26 de Agosto e a avenida Calógeras.

Relatório ao qual o Campo Grande News teve acesso aponta que o tribunal tinha ao menos duas opções mais baratas: Shopping Marrakech e o Hotel Campo Grande. O órgão poderia economizar cerca de R$ 18 milhões se preferisse a alternativa mais em conta.

Tribunal ainda não sabe valor das obras no Shopping 26 de Agosto
O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) ainda não sabe o valor que deverá gastar com as obras de readequação do Shopping 26 de Agosto, em ...
Juiz dá posse do Shopping 26 de Agosto ao Governo do Estado
O juiz Ricardo Galbiatti, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública e Registros Públicos de Campo Grande, concedeu ontem (23) a imissão provisória do Est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions