ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  16    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Velório de dentista começa 15h30 no Cemitério Parque Campo Grande

Gustavo Lima, de 27 anos, foi encontrado morto nesta quinta-feira

Por Aletheya Alves | 14/10/2021 13:47
Gustavo vacinando a mãe contra covid-19 em agosto. (Foto: Divulgação)
Gustavo vacinando a mãe contra covid-19 em agosto. (Foto: Divulgação)

Encontrado morto durante a madrugada desta quinta-feira (14), o cirurgião dentista Gustavo Lima, de 27 anos, será velado no Cemitério Parque Campo Grande. Gustavo lutava contra a depressão há anos e, em agosto deste ano, comoveu o País após sofrer homofobia por uma mulher que recusou vacina devido à sua orientação sexual.

A despedida dos familiares e amigos está marcada para o período entre 15h30min e 17h30min de hoje. Gustavo foi encontrado pelo irmão Adriano Lima, de 34 anos, na casa em que vivia com os pais.

O cirurgião dentista era residente da UBS do Bairro Coophavilla II e voluntário na vacinação contra coronavírus. Em agosto, quando trabalhava no drive-thru do Albano Franco, uma mãe recusou que Gustavo vacinasse sua filha adolescente, dizendo que ela não seria imunizada por “esse tipo de gente”.

Além de ser noticiado em Campo Grande, o caso foi discutido pela Assembleia Legislativa, Câmara Municipal e repercutiu nacionalmente.

Na Capital, serviço gratuito de apoio emocional é disponibilizado pelo Grupo Amor Vida. Para entrar em contato, sem identificação de chamadas, os números disponíveis são (67) 3383-4112, (67) 99266-6560 (Claro) e (67) 99644-4141 (Vivo). O horário de funcionamento é das 7h às 23h, incluindo finais de semana e feriados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário