A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/06/2016 19:09

Caravana da Saúde chega a Sidrolândia nesta terça e prevê 200 cirurgias

Estão programadas 200 cirurgias, 50 delas de urologia

Antonio Marques
A Caravana pretende realizar pelo menos 200 cirurgias eletivas no município (Foto: Divulgação/SES/Jéssica Barbosa)A Caravana pretende realizar pelo menos 200 cirurgias eletivas no município (Foto: Divulgação/SES/Jéssica Barbosa)

A Caravana da Saúde inicia nesta terça-feira (7) as cirurgias eletivas no Hospital Sociedade Beneficente Dona Elmiria Silvéria Barbosa, no município de Sidrolândia, a 71 km da Capital. Estão programadas 200 cirurgias, 50 delas de urologia e o restante de cirurgias gerais, como vasectomia, hérnia e vesícula. O secretário de estado de Saúde, Nelson Tavares, vai participar da solenidade de abertura dos trabalhos às 9h, no hospital.

Para a secretária de Saúde de Sidrolândia, Leila Maria de Mello Couto, a Caravana é “um avanço sem precedentes e uma ação inteligente para atender a real necessidade da população”. Ela disse que o único hospital da cidade ainda será reestruturado com a aquisição de novos equipamentos, o que faz parte do projeto do Governo do Estado de reestruturar o sistema de saúde. Mesa cirúrgica, aspirador, foco cirúrgico e instrumentais são algumas das necessidades do hospital, segundo a secretária Leila.

“A Caravana da Saúde passa para acabar com as filas, que é o grande objetivo dessa ação, mas a saúde fica, com equipamentos e outras benfeitorias que levam qualidade de atendimento à saúde”, afirmou o secretário Nelson Tavares.

Capital - As eletivas em Campo Grande tiveram início no Hospital São Julião, na sexta-feira (3), com 990 procedimentos entre gerais e vasculares. No entanto, para o início das outras especialidades, como ortopedia, houve atraso por causa da demora de resposta por parte do município.

“Por ser gestão plena, o município ficou de contratualizar com os hospitais e ficamos aguardando resposta. Mas como essa resposta não aconteceu, iniciamos o credenciamento dos hospitais. Isso fez com que houvesse demora no início”, afirmou o coordenador da Caravana, Marcelo melo. Ele ressalta que as outras cirurgias devem começar em breve.

Prefeitura continua dificultando a Caravana da Saúde
Complicando – O governo de Mato Grosso do Sul ainda encontra dificuldades para tocar a segunda fase da Caravana da Saúde em Campo Grande. Segundo o s...
Segunda fase da Caravana faz 50 cirurgias vasculares por dia e acaba com fila
Começaram nesta sexta-feira (03) as cirurgias eletivas da Caravana da Saúde na microrregião de Campo Grande. Até agora, mais de 65 mil cirurgias, 500...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions