A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

16/05/2009 10:20

Com MS líder em focos, Pantanal terá brigada contra fogo

Redação

No mapa do Brasil disponibilizado pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais), Mato Grosso do Sul é um borrão vermelho. Com 653 focos de calor registrados de primeiro de janeiro até a quinta-feira passada, o Estado lidera o ranking de queimadas neste ano.

O município mais atingido pelo fogo até agora foi Corumbá, onde chegou a ser registrados 485 focos de calor. Em seguida, vem Porto Murtinho (23 focos) e Aquidauana (12).

Os números - que reproduzem um cenário já conhecido, levaram o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) a criar brigadas de prevenção e combate a incêndios nas três cidades.

De acordo com o superintendente do órgão, David Lourenço, cada brigada será formada por 14 pessoas. "Elas foram contratadas por seis meses. Com salários e equipamentos, o investimento chega a R$ 500 mil". Além de atuarem no combate ao fogo, ele vão treinar voluntários nas fazendas.

Segundo o superintendente, o total de focos aumentou 340% em relação ao mesmo período do ano passado, quando, em 12 meses, foram registrados 1.438 focos de calor. "O crescimento é assustador". Contudo, somente em junho será analisada a antecipação da proibição de queimadas para manejo de pastagem. Medida adotada para diminuir os incêndios.

David Lourenço afirma que o Ibama nacional primeiro fechará os dados sobre focos de incêndio até o mês de maio. Há possibilidade de a proibição passar a vigorar em junho, um mês antes do período usual. Contudo, ele reforça que poucos produtores rurais pedem autorização para a queimada. "

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions