A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/06/2008 16:36

Conselho julga procedentes 45% dos recursos de multas

Redação

Considerada a última instância, o Conselho Estadual de Trânsito julgou procedentes 45% dos recursos de multas formalizados por motoristas de Mato Grosso do Sul. De agosto a dezembro de 2007, foram analisados 192 processos administrativos, dos quais 87 foram aceitos e os motoristas, que chegaram a pagar as multas, tiveram o dinheiro devolvido.

O que muitas pessoas não sabem, é que podem recorrer ao órgão, que não é vinculado ao Detran (Departamento Nacional de Trânsito) ou à Agetran (Agência Nacional de Trânsito). O Conselho julga situações em que os motoristas já impetraram recursos nas conhecidas Jaris (Juntas Administrativas de Recurso de Infração) e perderam.

De acordo com a presidente do Conselho, Regina Maria Duarte, muitos motoristas reclamam das lombadas eletrônicas. Regina explica que muitos deles afirmam que durante a noite não se sentem seguros para reduzir a velocidade a 30 quilômetros por hora, conforme determinação na maioria das lombadas. Essas situações são verificadas caso a caso, garante.

Regina revela que a análise do Conselho é mais técnica do que a avaliação das Jaris.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions