A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/04/2016 11:01

Corpo de Bombeiros terá sede própria e mais oito viaturas de resgate

Nesta quarta-feira (6), foram formados 138 novos soldados

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Formatura de bombeiros na manhã desta quarta, em Campo Grande (Foto: Leonardo Rocha)Formatura de bombeiros na manhã desta quarta, em Campo Grande (Foto: Leonardo Rocha)

O governo de Mato Grosso do Sul anunciou, nesta quarta-feira (6), a aquisição de oito viaturas de resgate para o Corpo de Bombeiros, além da licitação da empresa que construirá a sede da corporação, em Campo Grande. Hoje ocorreu a formatura de 138 soldados bombeiros.

Segundo o governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), os novos veículos de resgate serão entregues nos próximos dias, bem como a licitação que escolherá a empresa construtora sede da corporação, que será no Parque dos Poderes. Atualmente, o comando-geral funciona na Rua Fernando Augusto Corrêa da Costa, mas é alugada e a sede própria resultará em economia e melhores condições de estrutura, segundo o anúncio de troca da sede em dezembro passado.

Ainda durante a formatura dos bombeiros, o governador afirmou que dará ordem de serviço para a manutenção e conserto de viaturas. Sobre a Segurança, Reinaldo disse que, em 1 ano e três meses, já foi feito bem mais do que em 15 anos. Citou o aumento em 26% do efetivo e a intenção de elaborar uma política pública de segurança pública.

Em sua primeira agenda como secretário da Sejusp (Secretario de Estado de Justiça e Segurança Pública), José Carlos Barbosa afirmou que a formação de novo quadro de militares “mostra que o governador está investindo em segurança pública”.

Formatura – Nesta manhã, foram formados 138 soldados, que atuarão nas 23 unidades da corporação do interior do Estado. O comandante-geral dos Bombeiros, coronel Esli Ricardo de Lima, ressaltou os oito meses de dedicação dos profissionais, que passaram por 28 disciplinas, incluindo psicologia, combate ao racismo e homofobia.

Também afirmou esperar uma equipe preparada, “que não pode errar”. “Ser bombeiro é o sonho de muita gente, mas a realidade é mais difícil e complicada. Não queremos herói e sim que uma equipe com treinamento intensivo e que muitas vezes é a última esperança para quem está num momento de pânico”, pontuou. Desde que assumiu, há 1 ano e três meses, foram registradas 112.286 mil ocorrrências.

Presídio - O governador também comentou a respeito do presídio feminino de Campo Grande, que está com a obra parada desde o ano passado. Segundo Reinaldo, o governo aguarda autorização do Ministério da Justiça para fazer algumas adequações, já que, diz, o atual projeto poderia acarretar futuramente em erros na estrutura.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions