A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/07/2011 09:22

Diante de negativa da Santa Casa, enfermeiros já tem novo percentual de reajuste

Paula Vitorino

Após a negativa da diretoria da Santa Casa em conceder 20,30% de aumento, alegando ser “totalmente inviável”, o Sindicato dos Enfermeiros (Siems) garante que já tem um novo percentual para o reajuste salarial e irá apresentar a contra-proposta na próxima reunião, dia 27.

“O percentual já está definido, mas precisa ser aprovado em assembléia e até quarta-feira teremos a contra-proposta. Mas não vamos aceitar o reajuste de 6,30%”, afirma a presidente do Siems, Helena Delgado.

A categoria já recebeu o aumento oferecido pela Santa Casa, de 6,30%, e terá o reajuste no salário a partir do pagamento no início de agosto. Com o aumento, o salário da categoria passará para R$ 578,27 – atendente, R$ 775,84 – auxiliar, R$ 836,47 – técnico, R$ 2.332 – enfermeiro. Para todas as funções a carga horária semanal é de 44 horas.

Os enfermeiros estão em negociação desde o início do semestre e na última sexta-feira organizaram um princípio de greve, que depois foi encerrado com a garantia de negociação com a Santa Casa. Ontem, os representantes estiveram reunidos, mas não chegaram a concenso.

Além do reajuste, o Sindicato reivindica auxílio creche para enfermeiras que trabalham à noite, adicional de insalubridade de 40% para funcionários de setores com alto risco de contaminação, gratificação por aperfeiçoamento para e plano de cargos e carreiras.

Segundo Helena, a categoria não vai abrir mão das cláusulas e apresentará na próxima semana os dados requeridos pela Santa Casa. A administração quer o número de técnicos de enfermagem com qualificação para analisar o impacto no orçamento da gratificação por aperfeiçoamento.

O diretor administrativo da junta interventora da Santa Casa, Danilo Leon, afirma que a administração já acatou integralmente 25 das 44 cláusulas propostas pelo Siems, mas as demais reivindicações em aberto dependem de análise. Segundo ele, o impacto no orçamento mensal do hospital por conta das cláusulas será de R$ 50 mil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions