A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/05/2011 18:54

Em 3 meses já são 4.205 denúncias de violência sexual contra crianças

Nadyenka Castro

Números são do Disque Denúncia

Nos primeiros três meses deste ano 4.205 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes já foram feitas ao Disque 100, em Mato Grosso do Sul. Em todo o ano passado foram 12.487 denúncias.

Os dados são do Disque Denúncia, serviço responsável por receber informações sobre violência contra crianças e adolescentes.

Segundo informações do serviço, 78% das vítimas de violência sexual é do sexo feminino. Deste total, 80% é vítima de exploração sexual; 67% do tráfico de crianças e adolescentes; 77% de abuso sexual e 69% de pornografia.

Quando comparado com outros tipos de violência, como negligência e física ou psicológica, a quantidade é praticamente igual entre meninos e meninas.

Segundo dados do Disque 100, de maio de 2003 - data em que entrou em funcionamento - até março deste ano, foram registradas 66.982 denúncias.

É importante ressaltar que cada uma das denúncias pode representar que houve uma ou mais formas de violência praticadas contra uma ou mais pessoas. A Bahia é o estado campeão em denúncias nestes oito anos.

Para combater a violência contra esse grupo, o Sest Senat de Campo Grande, juntamente com o Comcex (Comitê Municipal de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes), vão realizar diversas atividades no próximo dia 18 (quarta-feira), Dia Nacional de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças.

Haverá distribuição de material educativo na avenida Afonso Pena com a rua Rui Barbosa, às 10 horas, e também no Aeroporto Internacional de Campo Grande e no Terminal Rodoviário.



Parabéns Campo Grande pelo trabalho contra esse tipo de violência...
Devemos todos nos unir contra esse mal...
Me parte o coração ver qualquer tipo de violência contra crianças...
 
Valter Nascimento em 16/05/2011 07:37:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions