A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/06/2010 07:54

Em cinco anos, indústria elevou empregos em 56%

Redação

O setor industrial de Mato Grosso do Sul aumentou e 56% o número de postos de trabalho nos últimos cinco anos, conforme dados do Radar da Fiems.

Em maio o saldo foi de 457 empregos formais, considerando as indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública.

O estoque de empregos formais nos últimos cinco anos passou de 68.269 no ano base de 2005 para 106.556 neste ano, conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego.

Segundo avaliação do Radar, o saldo de novos empregos no segmento industrial apresenta uma expansão acelerada até meados do ano, apesar de oscilações de mês para mês, como a que foi observada em maio.

"Há uma acomodação nos meses de julho e agosto, voltando a registrar um comportamento crescente nos meses de setembro a novembro, porém com uma intensidade menor que a registrada no primeiro semestre. Por fim, em dezembro, é comum a ocorrência de ajustes adicionais na geração de novos empregos formais no segmento industrial em Mato Grosso do Sul", cita o estudo.

Em Mato Grosso do Sul, com os dados de maio, o Índice de Evolução do Emprego Formal nas atividades industriais amplia ainda mais o seu crescimento acumulado nos últimos cincos na comparação com os setores de serviços, comércio, agropecuária e administração pública, que tiveram no mesmo período aumento de 33,5%, 22,1%, 17,8% e 8%, respectivamente. Na relação à igual mês do ano anterior, o índice de evolução do emprego formal na Indústria, Serviços, Comércio e Agropecuária elevou-se em 5,1%, 5,6%,

5,5% e 3,5%, respectivamente, sendo que a administração pública não apresentou alteração em seu índice.

O Índice de Evolução do Emprego Formal, criado pelo Radar Industrial da Fiems, visa mostrar a evolução ocorrida no estoque de empregos formais em Mato Grosso do Sul a partir do estoque verificado no fim de 2005, ano escolhido como base e que servirá de referência para os demais períodos. Ao ano base é atribuído um valor igual a 100, assim, a partir dele as variações são apresentadas em pontos, indicando a evolução ocorrida. Por exemplo, em um dado momento o índice apurado é igual a 110, ou seja, em relação ao período tomado como base, no nosso caso 2005, houve uma elevação equivalente a 10%. (Com informações da assessoria de imprensa).

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions