A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/01/2010 20:52

Em Dourados, médicos já não podem ganhar mais que Artuzi

Redação

A Lei Complementar 154, que altera Lei Complementar 107, de 28 de dezembro de 2006, foi publicada no Diário Oficial de Dourados no dia 29 de dezembro do ano passado. O texto altera o sistema de remuneração dos médicos contratados pela prefeitura e separa o pagamento por plantões e gratificações do salário-base.

Sancionada pelo prefeito Ari Artuzi (PDT), a lei estipula que nenhum servidor pode ter remuneração acima do salário do prefeito

Ministério Público faz contrato de R$ 3 milhões com empresa de informática
O MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) firmou contrato de R$ 3,3 milhões com a empresa Click Ti Tecnologia Ltda. Com validade de seis me...
Novos critérios definem morte encefálica e afetam doação de órgãos
O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou hoje (12) critérios mais rígidos para definir morte encefálica. A mudança nos procedimentos tem impacto...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions