ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Em nota, Movimento Gaúcho de MS lamenta mortes em boate no RS

Por Nyelder Rodrigues | 27/01/2013 10:47
Equipes de socorro em frente a boate incendiada em Santa Maria (RS). (Foto: Germano Roratto/Zero Hora)
Equipes de socorro em frente a boate incendiada em Santa Maria (RS). (Foto: Germano Roratto/Zero Hora)

O MTG-MS (Movimento Tradicionalista Gaúcho do Mato Grosso do Sul) enviou uma nota de pesar à imprensa por causa da tragédia em que pelo menos 245 pessoas morreram em uma boate da cidade gaúcha de Santa Maria, após um incêndio no local.

“Neste momento muito triste, manifestamos nossa solidariedade aos familiares pela dolorosa perda”, lamentou na nota o presidente em exercício do MTG-MS, Natal José Marchioro.

Já o conselheiro de ética da Confederação Brasileira de Tradição Gaúcha (CBTG), João Ermelino de Mello, declarou em nota estar consternado. “Externamos nosso pesar, prestamos solidariedade e pedimos a ajuda dos amigos e tradicionalistas residentes em Santa Maria para doação de sangue àqueles que estão internados”.

No programa da rádio Difusora, Catedral do Pampa, dirigido à colônia gaúcha no Mato Grosso do Sul e comandado por João Mello, ele lamentou a situação. Além das pessoas que morreram no local, outras pessoas também foram levadas para os hospitais da cidade feridos.

Os mortos foram levados para o Centro Desportivo da cidade, onde apenas os familiares estão autorizados para entrar e fazer o reconhecimento dos familiares. O governador gaúcho Tarso Genro (PT) vai chegar à cidade no final desta manhã. Já a presidente Dilma Roussef (PT) antecipou sua volta do Chile ao Brasil por causa da tragédia.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário