A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018

05/10/2018 09:32

Governo republica edital de concurso com salário inicial de R$ 2,8 mil

Valor publicado inicialmente correspondia à tabela de vencimentos para um profissional apenas com ensino médio

Mayara Bueno e Ricardo Campos Jr.
O secretário Édio Viegas, de Administração e Desburocratização, explicou regras do concurso. (Foto: Thiago Mendes)O secretário Édio Viegas, de Administração e Desburocratização, explicou regras do concurso. (Foto: Thiago Mendes)

A SAD (Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização) republicou nesta sexta-feira (5) o edital do concurso público com 1,5 mil vagas para professores e servidores administrativos. Houve alteração no item que traz o salário base do docente, que passou de R$ 1,8 mil para R$ 2,878,00.

O titular da pasta, Édio Viegas, explicou que o valor que estava no texto original correspondia aos ganhos de um profissional apenas com o ensino médio e por isso foi necessário readequá-lo, já que há exigência de nível superior para a convocação.

Viegas acrescenta que esse é o vencimento básico, sobre o qual são adicionados abonos em caso de especializações e mestrado, podendo o professor receber até R$ 3.166 logo ao assumir a vaga.

O período de inscrição já começou e segue até 4 de novembro, para quem vai concorrer aos mil cargos de professor e até 16 de novembro para os administrativos que vão disputar 500 vagas. Os interessados podem se inscrever no site www.funrio.org.br.

As vagas de professores serão distribuídas da seguinte forma: 123 para docentes de Artes; Biologia, 80; Educação Física, 51; Filosofia, 29; Física, 106; Geografia, 53; História, 58. Professor de Inglês, 49; Português, 49; Matemática, 277; Química, 97 e Sociologia, 28 vagas.

Os profissionais que vão concorrer aos cargos de docente vão passar pela prova escrita, discursiva e prova de títulos. Segundo o edital, as provas serão aplicadas em Campo Grande e Dourados. Datas e horários serão divulgados posteriormente.

Quem vai promover o concurso é a Funrio (Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência do Rio de Janeiro). Ontem, o governo publicou a dispensa de licitação para contratar a empresa por R$ 5,7 milhões. Segundo a Secretaria de Administração e Desburocratização do Estado, a Fundação foi selecionada, pois a única que se dispôs a cumprir o cronograma proposto, além de cumprir critérios técnicos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions