A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/03/2008 15:30

Escola defende padre e diz que não houve racismo

Redação

A Escola Salesiana Santa Tereza, em Corumbá, declarou através de sua assessoria de imprensa que em nenhum momento o vice-diretor da escola, Padre Tiago Godoy, ou qualquer outro funcionário teve atitudes racistas em relação à funcionária Ana Maria da Silva Costa, de 46 anos, e as duas filhas dela. Ana Maria denunciou a polícia que as filhas dela teriam sido impedidas de entrar na escola por serem negras.

Segundo a escola, ao ver as crianças carregando um saco de lixo, o padre proibiu as meninas de participar do trabalho da mãe. A escola também afirma que em nenhum momento foram usados termos racistas por qualquer funcionário da escola.

A assessoria de imprensa informou que as duas meninas não são alunas do colégio e que por isso o acesso delas é restrito ao local.

A denúncia

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions